Tecnologia aplicada a serviço do saneamento básico. Com sistemas complexos, em que redes de distribuição podem se estender por dezenas de quilômetros, o fornecimento de água, a coleta e o tratamento de esgotos e a redução das perdas passam por soluções inovadoras. É o que foi apresentado para autoridades dos municípios da área de concessão, representantes da sociedade civil organizada e do Instituto Estadual do Ambiente (INEA) na inauguração do novo Centro de Controle Operacional (CCO) da Prolagos, uma empresa do Grupo Aegea Saneamento, na manhã desta terça-feira (05/06).

A comitiva foi recebida pelo presidente da Prolagos, Carlos Roma Jr. e o diretor executivo, Thiago Maziero, que apresentaram aos visitantes a unidade. Para o Prefeito de Arraial do Cabo, Renato Viana,  implementar novas tecnologias proporciona avanço no saneamento para a região.

“Fiquei impressionado com a busca pela excelência no trabalho e implementação de novas tecnologias para aplicação nos serviços prestados à população. Como prefeito de Arraial do Cabo fico muito feliz de presenciar todo esse avanço que a Prolagos tem proporcionado para  região.” diz Renatinho Vianna.

Marcia Simões, superintendente do INEA, destacou como o monitoramento e as análises são fundamentais para diversos setores na região.

“Hoje temos de forma remota dados preciosos não só para os serviços de água e esgoto, mas para área ambiental, todas as prefeituras e agentes de segurança pública. Fiquei muito satisfeita com o que  acompanhei. Hoje pude ver o quanto a empresa investiu e cresceu buscando inovações e outras tecnologias aplicadas em área industrial, da engenharia hidráulica para aplicar no saneamento. Isso foi fundamental para melhoria na prestação do serviço. A Prolagos deu um salto de qualidade na região.” conta Márcia Simões.

Sobre o Centro de Controle Operacional (CCO)

CCO é uma unidade de supervisão e controle de todo o sistema de abastecimento de água e captação e tratamento de esgoto nos municípios da área de concessão da empresa.

Em tempo real, a concessionária acompanha os serviços de produção, armazenamento e distribuição de água, recalque dos esgotos através das estações elevatórias de esgoto, a programação dos serviços nas redes, instalações e equipamentos, bem como efetuar a segurança patrimonial das instalações da companhia.

Essas ações são realizadas por meio de alta tecnologia que estão reunidas no CCO.  Para simulações hidráulicas e melhoria da performance do sistema de abastecimento de água  é utilizado um software específico para modelagem e gestão da distribuição de água – WaterCad –  que permite o monitoramento e o controle preciso das variações de pressão e vazão dos sistemas de forma a conferir mais segurança operacional ao abastecimento.

A concessionaria também é pioneira na utilização do sistema chamado LEAF no setor de saneamento no Brasil, que geralmente é utilizado em indústrias. Esse sistema analisa dados como temperatura, histórico de consumo e dos contadores de veículos instalados em pontos estratégicos na região, e com essas informações resultam na tomada de decisão, prevendo a necessidade de fornecimento de água em até 72 horas.

O CCO possui também um moderno sistema de gestão integrada da rede de água e controle de perdas. Ele permite que os técnicos da Prolagos visualizem, em tempo real e com base no histórico de informações da empresa, qualquer alteração no abastecimento. Isso resultou em redução das perdas operacionais e melhoria dos serviços prestados à população. A tecnologia desenvolvida pela empresa israelense TaKaDu, especializada em gestão da água.

“A inovação permite que a concessionária preveja o aumento da demanda, ajuste sua operação e obtenha melhor eficiência aos serviços prestados à população. Encontramos a solução para atender os municípios da Região dos Lagos com base nas tecnologias Internet of Things – IoT, Big Data, análise inteligente de dados, e mecanismos de aprendizado artificial (machine learning) Investir no desenvolvimento constante de tecnologias é fundamental para garantir cada vez mais os avanços nos serviços de saneamento básico que vemos na região.” conclui Thiago Maziero diretor executivo da Prolagos.