No ano em que comemora 20 anos, a Prolagos, empresa da Aegea Saneamento, lança o 1º Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental com o objetivo de fomentar a produção de conteúdo sobre saneamento básico e preservação do meio ambiente.

Para desenvolver essas pautas e promover o acesso aos dados oficiais sobre atendimento em água e esgoto nos municípios, o coordenador de comunicação do Instituto Trata Brasil, Rubens Filho, realizou uma palestra para jornalistas da região.

“Embora a Região dos Lagos esteja em uma área bem atendida com os serviços de água e esgoto, é importante para todo país, principalmente para o estado do Rio de Janeiro, falar de saneamento básico, tanto para jornalistas quanto para a sociedade em geral, de uma maneira clara e menos técnica. Além disso, mostrar os impactos que existem com a falta dessa infraestrutura e quais são os benefícios de uma cidade com água e esgoto e como eles podem ser melhor trabalhados. O jornalista deve mostrar e entender o que acontece daqui para frente”, diz Rubens Filho.

A premiação foi criada para valorizar o papel dos profissionais que atuam na imprensa dos cinco municípios atendidos pela concessionária (Armação de Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia) na conscientização da sociedade na busca da sustentabilidade.

“Queremos colocar o saneamento básico na pauta e incentivar o debate sobre as boas práticas. O prêmio contempla as mais diversas categorias do jornalismo, como impresso, rádio, televisão, fotografia e web e, ainda, universitário, estimulando a produção de conteúdo por jovens que escolheram trilhar esta importante carreira para a sociedade”, comenta Carlos Roma Jr., presidente da Prolagos.

As inscrições para o Prêmio estão abertas até o dia 30 de setembro e devem ser feitas pelo site www.premioprolagosjornalismo.com.br. Serão entregues R$ 30 mil em prêmios.

Confira o lançamento no nosso Canal no Youtube .