Iniciativa em parceria com a Casa Scliar incentiva ações para valorização da cultura, diversidade, igualdade racial e o respeito entre alunos do ensino médio

A Prolagos, concessionária do grupo Aegea Saneamento, apresenta o projeto CaptaAção, com foco no desenvolvimento do potencial de transformação do ser integral, abordando temas relevantes para a sociedade, de modo a estimular o pensamento crítico e reflexivo, a criatividade e a inovação dos jovens em situação de vulnerabilidade social. As atividades são oferecidas para alunos da rede pública de ensino e, nesta edição piloto, o tema escolhido foi diversidade e igualdade racial, com base no Programa Respeito Dá o Tom. Participam estudantes do Instituto de Educação Professora Ismar Gomes de Azevedo, Colégio Estadual Miguel Couto e Ciep 458 – Hermes Barcelos. 

Durante as visitas, os participantes terão a oportunidade de conhecer a Casa Scliar e a exposição Respeito Dá o Tom, com destaque para o acervo do Museu Carlos Scliar, artista gráfico brasileiro, que foi escolhido por Vinícius de Moraes para, ao lado de Djanira, desenvolver a programação gráfica da peça Orfeu da Conceição. A montagem de 1956 foi emblemática para a cultura nacional, pois levou pela segunda vez artistas negros para o palco do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Em seguida, os estudantes participam de oficina de arte e assistem ao filme Pantera Negra.

“Através do acervo de Carlos Scliar e da exposição Respeito Dá o Tom, conseguimos falar de vários momentos históricos e questões culturais, sociais e raciais. A base da cultura brasileira passa pela cultura negra. Acredito que reconhecer que somos resultados dessa mistura e assumir isso contribui para a luta contra o preconceito”, explica Cristina Ventura, coordenadora da Casa Scliar.

Para reforçar todo conteúdo apresentado, os estudantes são estimulados a produzir um vídeo sobre o tema. Dez curtas-metragens selecionados serão publicados na página da Prolagos no Facebook e os integrantes responsáveis pela publicação mais curtida ganharão um smartphone cada. A cerimônia de premiação será no dia 21/11, na Casa Scliar, em comemoração ao Dia da Consciência Negra.

Nesta semana, o presidente da Prolagos, Sérgio Braga, acompanhou a visita de uma turma. “Fomentar a arte e a cultura na Região dos Lagos e promover manifestações culturais marcam a nossa vida e contribuem na formação de cidadãos mais críticos e conscientes. Esse projeto é uma ação afirmativa em prol da igualdade racial”, afirmou.

Mostra e programa Respeito Dá o Tom

A exposição Respeito Dá o Tom inclui fotografias, esculturas, filmes, música da cultura afro-brasileira, tendo como destaque o acervo do museu. A ambientação da exposição conta com painéis fotográficos que homenageiam personalidades afrodescendentes que fizeram a diferença na vida social e cultural do país e música ambiente temática. A mostra é aberta ao público de terça a sábado, das 14h às 18h.

O programa Respeito Dá o Tom, desenvolvido pela holding Aegea em parceria com o Instituto Identidades do Brasil (ID_BR) tem ações focadas em três pilares em prol da igualdade racial: empregabilidade, desenvolvimento e relacionamento. “Queremos reduzir a desigualdade e fazer com que a diversidade étnico-racial do Brasil esteja representada no quadro de profissionais. Promovemos a sensibilização do tema por meio de rodas de conversa, exposições e projetos com a comunidade”, explica Marcos Valério de Araújo, diretor executivo da Prolagos e um dos responsáveis pela implantação do programa na Aegea.