Concurso vai distribuir R$ 36 mil em prêmios entre cinco categorias profissionais e uma universitária

 A Prolagos lançou na noite desta terça-feira (11), a segunda edição do Prêmio de Jornalismo Ambiental, com o objetivo de estimular a produção de reportagens sobre saneamento e sua relação direta com a preservação da natureza, saúde pública e desenvolvimento urbano. O evento, na Casa Scliar, em Cabo Frio, reuniu profissionais de diferentes veículos de imprensa da Região dos Lagos, que tiveram a oportunidade de ver a exposição “Pense”, com obras do multiartista Carlos Scliar, que desde 1984 chamava a atenção para a responsabilidade de todos em relação à preservação no meio ambiente.

A segunda edição do Prêmio traz algumas novidades. Além dos jornalistas residentes na Região dos Lagos, diplomados e registrados no Ministério do Trabalho, poderão participar os profissionais que comprovarem a atividade no prazo mínimo de cinco anos. Poderão ser inscritas reportagens publicadas entre 1º de junho e 30 de setembro, prazo final para as inscrições. O regulamento está disponível no site www.prolagos.com.br.

Assim como na primeira edição, o II Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental vai premiar as duas melhores reportagens nas categorias: jornalismo impresso, radiojornalismo, webjornalismo, telejornalismo, fotojornalismo, além da categoria Jornalismo Universitário, para alunos de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Neste ano, além de troféus serão distribuídos R$ 36 mil em prêmios. Entre as categorias profissionais a premiação em dinheiro será de R$ 4.500,00 e R$ 2.500,00, respectivamente primeiros e segundos lugares. Nesta edição, a categoria jornalismo universitário também receberá quantia em espécie no valor de R$ 1.000,00.

“O prêmio é um reconhecimento e valorização dos profissionais da imprensa da região e tem como objetivo colocar o saneamento básico na pauta, incentivando o debate sobre as boas práticas, além de contribuir para a conscientização da sociedade na busca da sustentabilidade. O poder de multiplicação da imprensa é muito grande e fundamental para construirmos uma sociedade melhor”, comentou o presidente da Prolagos, Sérgio Braga.

Durante o lançamento, os convidados participaram de uma oficina de serigrafia, tintando em papel reciclável o logotipo do prêmio e a #EuPauto, um estímulo para que os profissionais coloquem o meio ambiente em suas pautas. A atividade foi uma homenagem ao patrono da casa-museu, Carlos Scliar, que, entre seus ofícios estava o de artista gráfico.

A exposição “Pense” faz parte do projeto de educação socioambiental CaptaAção – Seu Descarte, Minha Arte, realizado pela Prolagos e a Casa Scliar para alunos do nono ano da rede pública. Além da mostra, o espaço recebeu instalações que provocam o despertar da consciência sobre os cuidados com a natureza, como uma rede de pesca com objetos plásticos recolhidos na Praia do Forte, uma peça interativa feita com material reciclado que mostra o tempo de decomposição de materiais como plástico e isopor, além de painéis com mensagens reforçando a responsabilidade de cada indivíduo na produção do próprio lixo. A exposição é aberta ao público.