Obra amplia cinturão protetor no entorno da Lagoa de Araruama

 A obra de implantação de rede coletora de esgoto nos bairros Vinhateiro e Ponta do Ambrósio, em São Pedro da Aldeia, entra na reta final. Após o assentamento de mais de dois quilômetros de tubulação, a Prolagos iniciou a repavimentação dos trechos abertos para implantação da rede. Este é um importante investimento que beneficia cerca de cinco mil pessoas e, principalmente, protege a Lagoa de Araruama do esgoto in natura que sai dos imóveis, que será captado e levado para a estação de tratamento.

A obra consiste na instalação de aproximadamente 2.300 metros de rede coletora, com diâmetros entre 150mm e 400mm, além de 49 poços de visita (PV), local de acesso à rede subterrânea para vistoria e 10 caixas de coleta em tempo seco. Além disso, uma nova estação elevatória está sendo construída na Rua Antônio Luiz de Araújo, na Ponta do Ambrósio. A unidade de bombeamento também está em fase de finalização e até a próxima semana será feita a montagem da parte elétrica.

Para concluir os trabalhos e interligar a nova estrutura à já existente, a concessionária fará a travessia da Avenida Wilson Mendes, unindo a Rua Antônio Araújo Mendonça, no Vinhateiro, a Antiga Estrada São Pedro – Cabo Frio, onde há uma elevatória em operação. Para não impactar o trânsito, a Prolagos optou pelo modelo não destrutivo, ou seja, sem abertura de valas. “Será utilizada uma perfuratriz, conhecida popularmente como tatuzinho, que abre um pequeno túnel para a passagem da tubulação. É um processo rápido e seguro, que não interfere na mobilidade urbana”, explica o engenheiro Adibe Santos, que acompanha a obra.

O investimento de aproximadamente R$ 2 milhões é mais uma iniciativa da Prolagos visando a universalização dos serviços de coleta e tratamento de esgoto, que atualmente está em 80% em toda área de concessão. Para tratar o esgoto dos cinco municípios, a Prolagos possui sete Estações de Tratamento de Esgoto, com capacidade total para tratar 97 milhões de litros de esgoto por dia.