O Bosque Clube Camping, na rua Antonio Luiz Fonseca, no bairro Jacaré, em Cabo Frio refez a ligação irregular de água, que já tinha sido descoberta no dia 24 de abril de 2019. Através de denúncia anônima, a fraude foi confirmada pelos agentes do setor de Fiscalização da Prolagos. Diferente da primeira vez, quando a tubulação estava passando pela frente do camping, a irregularidade foi feita pela lateral, com uma mangueira, que abastecia diretamente o camping e estava gerando um grande desperdício de água, pelo fazendo na tubulação e pela despreocupação com um bem essencial a todos.

A polícia foi acionada e o estabelecimento mais uma vez notificado com reincidência, com abertura de registro de ocorrência na 126ª Delegacia de Polícia Civil.

No ano passado, cerca de cinco mil imóveis, nos municípios da área de concessão da empresa, foram notificados por conta de irregularidades.

“Quando alguém faz uma intervenção indevida na rede pode comprometer o abastecimento de toda a cidade, inclusive com risco de contaminação da água. Além disso, não é justo com os consumidores que agem corretamente. Estatísticas mostram que quem faz esse tipo de irregularidade consome em média 8 vezes mais água do que um usuário regular. Nesse período de alta temporada, quando a população triplica, elevando o consumo, o uso consciente de água se torna ainda mais essencial. Quem frauda demonstra má fé, desperdiça e não está nem um pouco preocupado com os outros e em fazer o uso racional da água”, afirma o Gerente de Operações de Água, José Vicente Marino.

O camping foi multado e receberá cobrança retroativa referente aos meses de consumo indevido. Esse tipo de irregularidade é considerado crime pelo Código Penal (artigo 155) com pena de 1 a 5 anos de prisão.

“Em se tratando de um estabelecimento comercial é ainda é mais grave, porque além de lesar a população como um todo, está prejudicando também o cliente, pois está pagando a diária acreditando em um processo sério e regular. Por isso, o apoio da população é fundamental, como ocorreu agora com essa denúncia que nos levou a identificar e responsabilizar o fraudador”, afirma José Carlos Almeida, Diretor executivo da Prolagos.

A população pode contribuir denunciando atitudes suspeitas. Para isso, basta entrar em contato com a concessionária por meio dos números 0800 7020 195 (área de concessão) e (22) 2621 5095 (demais localidades) ou pelo WhatsApp (22) 99722 8242.