Evento reuniu empreendedores, estudantes, empresários e entusiastas da inovação em Cabo Frio

Base de clientes e rede georreferenciadas, contador de veículos para estimar a população, modelagem hidráulica e automação de processos. Estas são algumas tecnologias utilizadas na Prolagos para a gestão ou operação dos sistemas de água e esgoto, apresentadas na Rio Info Cultura Digital. O circuito cabo-friense reuniu quase 200 pessoas, 45 empresas de inovação, 14 parceiros; 64 estudantes, entre ensino médio e universitário, nove instituições de ensino e de outras áreas de atuação, além de empreendedores em um dia dedicado ao relacionamento, palestras, negócios e networking.

Organizadora do encontro, a coordenadora geral de Ciência e Tecnologia de Cabo Frio, Bruna Knauft Teixeira, acredita que a iniciativa é o primeiro passo para construir um ecossistema de inovação na região. “Esta é uma proposta que ainda está de forma embrionária, mas começa a se estruturar com pilares formados por universidades, instituições tecnológicas, empresários, empreendedores e poder público. Queremos estimular o crescimento de Cabo Frio, que tem um grande potencial, e também de toda a região. É uma tendência do mercado e vamos fomentar cada vez mais para conseguirmos, enfim, a cidade desenvolvida de forma inteligente”, disse.

O evento teve como objetivo promover a interação entre empreendedores, universitários e empresários que utilizam a tecnologia em suas rotinas. “A cultura da inovação faz parte do DNA da Prolagos e, por isso, estamos sempre em busca de novas ferramentas, seja no mercado ou as desenvolvendo internamente, para que nossos processos sejam cada vez mais eficientes e nossas operações mais sustentáveis. Este evento é muito importante para que o mercado compartilhe suas descobertas e que todos possam se inspirar com as iniciativas”, comentou José Carlos Almeida, diretor executivo da Prolagos.

Um dos destaques da apresentação do desenvolvedor Juliano Simas, do setor de Planejamento da Prolagos, foi o GIS (sigla em inglês para Sistema de Informações Geográficas), que permite informar com precisão se é possível fazer uma nova ligação de água no momento em que o cliente faz a solicitação nas lojas. Com a rede de abastecimento georreferenciada, basta inserir o endereço no sistema para levantar a informação. Antes da utilização do software, era necessário abrir uma ordem de serviço para uma equipe ir até o local constatar se havia rede para só depois emitir um novo pedido para a instalação do hidrômetro. “Esta ferramenta deu mais agilidade a este tipo de serviço, otimizando as atividades das equipes e na resposta para a solicitação do cliente”, acrescenta Juliano, que participou do evento ao lado dos colegas Vitor Heser, Victor Barreto e Yuri Klein.

Em funcionamento desde fim de 2013, o contador de veículos, outra ferramenta apresentada no evento, é um dos trunfos da concessionária especialmente na operação do sistema de água em períodos de grande movimentação na Região dos Lagos, como feriados prolongados e verão. O software permite aferir com maior precisão a população flutuante, possibilitando melhorar a estratégia de abastecimento nos períodos de maior consumo.

Para garantir a eficiência operacional e a melhoria contínua na prestação dos serviços, a Prolagos coloca a tecnologia a serviço do saneamento e conta com os mais modernos recursos disponíveis no mercado, como inteligência artificial, machine learning (aprendizado de máquina), Big Data (análise de grande volume de dados), internet das coisas, que conecta equipamentos para fazer medições online em tempo real, entre outros. As informações geradas por meio desses recursos são concentradas no Centro de Controle Operacional e contribuem para otimizar recursos, minimizar perdas e oferecer atendimento de qualidade para a população.