Notícias

Ver notícia

Mais de 12 mil pessoas serão beneficiadas com obras de implantação de rede de água em Arraial do Cabo

 

Sempre que precisa levar os filhos ao hospital ou ir ao banco, Carlos Renato Muniz, morador de Novo Arraial, distrito de Arraial do Cabo, percorre cerca de 25 km até chegar no distrito sede.  Isso ocorre porque o bairro não possui rede de abastecimento de água, mas a chegada de serviços essenciais, como o de saúde, está prestes a acontecer. Com o início das obras de implantação de 108 km de rede de distribuição de água para Novo Arraial, Sabiá, Caiçara e Pernambuca, investimento de aproximadamente R$33 milhões, onde mais de 12 mil pessoas serão abastecidas, a Prefeitura do município já anunciou a construção de uma unidade hospitalar no Segundo Distrito.

“Vai ser muito bom quando isso acontecer. Hoje, além do gasto que temos consumindo água que não sabemos a procedência, ainda sofremos com a falta de infraestrutura no bairro. Nossa expectativa é que a água traga escolas, hospitais, agências bancárias”, afirma Carlos Renato.

Além da expansão do abastecimento, a concessionária também prevê melhorias no sistema de esgotamento sanitário de Arraial do Cabo. A proposta para os próximos anos é a adoção do modelo separador absoluto com a construção, por etapas, da rede coletora de esgoto para atender a 50% da população, em até cinco anos. Serão assentadas 28,4 km de redes separativas nos bairros Centro, Praia dos Anjos, Prainha, Vila Industrial, contribuindo com a preservação da Praia do Pontal, e parte de Monte Alto e Figueira. Além disso, está em fase avançada, uma parceria público-privada para antecipar os investimentos em esgotamento sanitário nos distritos.

As obras de saneamento básico proporcionam desenvolvimento econômico e infraestrutura, mas também estão diretamente relacionadas à saúde. Para cada R$1,00 investido no tratamento de água e esgoto, há uma economia de R$4,00 em saúde pública, é o que aponta a OMS (Organização Mundial da Saúde). Nas cidades de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia, os reflexos desses investimentos já podem ser percebidos. Dados do Ministério da Saúde indicam que a taxa de mortalidade por doenças relacionadas ao saneamento foi reduzida nas cidades, sendo zero em quase todos os anos.

Nesses municípios, a Prolagos irá investir ainda em 2022, mais R$5 milhões em rede de abastecimento de água, dando um importante passo para a universalização do acesso à água tratada. “Queremos movimentar vidas por meio do saneamento, promovendo mais saúde, geração de emprego e renda, e desenvolvimento econômico para nas cidades onde atuamos. E não vamos poupar esforços para que toda população da nossa área de concessão, tenha abastecimento”, pontua Pedro Freitas, diretor-presidente da concessionária.

Ao longo de 23 anos de atuação, a Prolagos já investiu mais de R$1,4 bilhão, representando mais que o dobro de investimentos realizados por habitante, do que a média nacional, de acordo com o Instituto Trata Brasil. Neste período, a concessionária triplicou o fornecimento de água potável, passando de 30% para 98%, e saltou 0 para 80% o tratamento do esgoto.

 

 

Compartilhar:

Veja Também

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Prolagos.

Contato Saiba mais
Contato

A Prolagos oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Prolagos trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na Região dos Lagos.

Revista Aegea Saiba mais
Revista Aegea

Faça o download da Revista Aegea e fique por dentro das novidades que acontecem na empresa.