Notícias

Ver notícia
De Olho no Óleo, em parceria com a ong Reciclóleo, transforma lojas de atendimento em postos de coleta

Um litro de óleo de cozinha usado pode poluir cerca de 30 mil de litros de água. O descarte nos ralos e pias provoca entupimento nas redes, causando extravasamentos em vias públicas e refluxo nos imóveis. Além disso, o resíduo pode interferir no processo de tratamento de esgoto nas estações, além de contaminar praias, lagoas e o solo. Para estimular atitudes mais sustentáveis e evitar esse tipo de degradação, a Prolagos lança, hoje, no Dia Mundial do Meio Ambiente, o programa ‘De Olho no Óleo’.

Ao ser despejado na pia ou no vaso sanitário, o óleo usado passa pelos canos da rede de esgoto e fica retido em forma de gordura, podendo entupir a tubulação interna e atrair pragas que podem causar doenças como leptospirose, febre tifoide, cólera, salmonelose, hepatites, esquistossomose, amebíase e giardíase. Além do óleo, a graxa, restos de alimentos, preservativos, absorventes, fraldas descartáveis e embalagens de produtos de beleza estão entre os materiais que mais obstruem a rede e impactam o sistema de esgotamento sanitário. “O uso incorreto das redes gera transtornos para a própria população, como transbordamentos de poços de visita, extravasamentos e até mesmo o retorno para os imóveis. Essas situações podem ser evitadas com ações simples, como a destinação correta dos resíduos”, comenta o gerente de Operações de Esgoto da Prolagos, Mário Márcio Gonçalves.

Em algumas localidades, como na Orla Bardot, em Armação dos Búzios, a Prolagos faz limpeza e manutenção preventiva diariamente para que não haja o entupimento da rede e, consequentemente, o extravasamento de esgoto. “Infelizmente, muitos estabelecimentos comerciais, como restaurantes, bares e pousadas ainda não fazem a destinação correta do óleo usado. Todos os dias encaminhamos equipes e caminhão de sucção à vácuo e sempre retiramos uma grande quantidade de gordura. Esperamos que este programa ajude a conscientizar a população, pois a responsabilidade com o meio ambiente é de todos”, reforça Mário.

As seis lojas comerciais e a sede da concessionária se transformarão em ecopontos e contarão com um coletor para receber o material. A iniciativa é em parceria com a ONG Reciclóleo, que ficará responsável pela coleta do resíduo e sua correta destinação, como a venda para a produção de biodiesel e fabricação de sabão. Parte do valor é destinado para a aquisição de material esportivo para projetos sociais. “Este é um trabalho de formiguinha e contar com esses novos postos de coleta em várias cidades da região será muito importante. A expectativa é que a cada 15 dias consigamos ao menos 200 litros de óleo em cada ecoponto deste”, espera Marco Campos, o Macarrão, responsável pela ONG.

Para impulsionar as doações e, principalmente, a conscientização sobre o descarte correto, o tema de ‘De Olho no Óleo’ passará a integrar o ‘Saúde Nota 10’, programa de educação socioambiental desenvolvido nas escolas públicas dos cinco municípios da área de concessão. “Queremos transformar os estudantes em agentes multiplicadores e conscientizá-los sobre os prejuízos ambientais causados pelo despejo de óleo nas redes. O saneamento é fundamental para o funcionamento das cidades e para a nossa saúde, nada melhor do que ensinarmos esses valores desde a infância”, comenta a coordenadora de Responsabilidade Social da Prolagos, Francine Melo.

Compartilhar:

Veja Também

Legislação e Tarifas Saiba mais
Legislação e Tarifas

Os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário implicam em custos e investimentos permanentes.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Prolagos trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento na Região dos Lagos.

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Prolagos é responsável pelos serviços de saneamento básico em cinco municípios da Região dos Lagos.

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.