Notícias

Ver notícia

Construção vai contribuir para a proteção da Praia do Pontal e beneficiar mais de 1200 moradores

Um dos impactos positivos do saneamento é a preservação do meio ambiente. Assim como faz com a Lagoa de Araruama, a Prolagos iniciou a obra de implantação de um cinturão coletor de esgoto na Vila Industrial, em Arraial do Cabo, contribuindo para a proteção da Praia do Pontal e beneficiando cerca de 1200 moradores. A concessionária vai instalar 200 metros de tubulação coletora, cerca de 3 km de rede pressurizada e uma Estação Elevatória, centralizando todo o eflluente captado no bairro e adjacências, para a Estação de Tratamento de Esgoto, localizada na Praia Grande.

A obra será realizada pelo método não destrutivo, um processo com instalação de tubos subterrâneos, que diminui a necessidade de escavações e minimiza os impactos no trânsito do local. “Para que a travessia da tubulação possa ser realizada sem danificar a estrada, vamos utilizar máquinas especiais de alta tecnologia que perfuram horizontalmente o solo, fazendo somente dois pontos de furos, atravessando uma barra de um lado ao outro da rodovia. Desta forma, não há a necessidade de interrompermos o trânsito de veículos”, explica o coordenador de Engenharia da concessionária, Luis Antas.

Esta obra é essencial para a proteção dos corpos hídricos da cidade, que é conhecida como o “Caribe Brasileiro”, por causa das praias de areias brancas e mar azul turquesa. Desde 2022, a concessionária iniciou a etapa de conclusão do cinturão da Lagoa de Araruama.  A construção foi retomada pelo bairro de bairro Ubás, em Iguaba Grande. No local foi implantado um quilômetro de rede coletora, uma caixa de captação em tempo seco, sistema adotado na região, que intercepta o esgoto da rede de drenagem pluvial; e uma estação elevatória, que irá bombear o material até a Estação de Tratamento de Esgoto da cidade. Em paralelo, na Praia do Siqueira, em Cabo Frio, bairro que abriga uma comunidade pesqueira, cerca de três quilômetros de rede separativa foram instalados. Na segunda etapa da obra, estão sendo construídos um poço de visita, uma estação elevatória e aproximadamente 300 metros de rede de recalque, reforçando a proteção ao meio ambiente e beneficiando aproximadamente 1.400 moradores. Às margens da laguna também foi implantada uma caixa de captação em tempo seco.

Ainda neste ano, o cinturão também será instalado próximo ao condomínio Olga Zacarias, em Campo Redondo, São Pedro da Aldeia; e no Mercado de Peixe de Cabo Frio, no bairro Jacaré, em Cabo Frio. Até 2024 serão investidos mais de R$50 milhões, na implantação de 26 km de cinturão coletor, que irão se somar aos 38 km de rede já implantados pela Prolagos. Também fazem parte do cronograma da obra os bairros: Recanto das Dunas, Vila do Sol, e Porto do Carro, em Cabo Frio; Vinhateiro, Mossoró, Baixo Grande e Nova São Pedro, em São Pedro da Aldeia. “A construção do cinturão foi fundamental para a recuperação e proteção das belezas naturais da nossa região: as praias lagunares e de mar. Os investimentos que fizemos em saneamento durante os nossos 25 anos de concessão, se refletem nos recordes de pescado, retorno de cavalos-marinhos na Lagoa de Araruama, impulsionamento do turismo e desenvolvimento das cidades”, pontua o diretor-presidente da concessionária, Pedro Freitas.

Compartilhar:

Veja Também

Revista Aegea Saiba mais
Revista Aegea

Faça o download da Revista Aegea e fique por dentro das novidades que acontecem na empresa.

Comunicados Saiba mais
Comunicados

Política de Sustentabilidade Saiba mais
Política de Sustentabilidade

Respeito ao meio ambiente e as pessoas, contribuindo para qualidade de vida e saúde da população onde atuamos.

Água Saiba mais
Água

Antes de chegar às torneiras, a água percorre um longo caminho pelo sistema de abastecimento da Prolagos.