Rede de esgoto na Ponta do Ambrósio entra em operação

Postado por prolagos em 25/maio/2020 - Sem Comentários

Sistema recém implantado em bairro aldeense aumenta proteção à Lagoa de Araruama

 

A nova rede de esgotamento sanitário implantada no bairro Ponta do Ambrósio, em São Pedro da Aldeia, já está integrada ao sistema principal operado pela Prolagos e em funcionamento. A obra, que beneficia aproximadamente cinco mil pessoas, contribui diretamente na melhoria da qualidade ambiental da Lagoa de Araruama, por evitar que os imóveis lancem esgoto in natura ao ecossistema.

Foram instaladas aproximadamente 2.300 metros de rede coletora de esgoto, com diâmetros entre 150mm e 400mm, 49 poços de visita (PV), local de acesso à rede subterrânea para vistoria, e 16 caixas de coleta em tempo seco, nas ruas Antônio Araújo Mendonça, no Vinhateiro, Manoel Vitorino Carriço e Rua Antônio Luiz de Araújo, na Ponta do Ambrósio, onde foi construída uma nova estação elevatória, responsável por bombear todo material coletado na localidade. A nova rede foi interligada à elevatória já existente na Antiga Estrada São Pedro – Cabo Frio, de onde o esgoto seguirá até a estação de tratamento.

Estação elevatória da Ponta do Ambrósio

Para não impactar a rotina dos moradores e do comércio, a intervenção foi feita por trechos, com o fechamento das valas logo após o assentamento dos tubos. A recomposição asfáltica na área trabalhada foi executada após a implantação de toda a rede. Com a conclusão da fase estrutural, a nova estação elevatória recebeu equipamentos de telemetria e passou a ser monitorada e operada do Centro de Controle Operacional, na sede da concessionária. “Este importante investimento aumenta a área de cobertura do sistema de esgotamento sanitário da área de concessão e reforça o compromisso da Prolagos com os municípios atendidos. Neste período desafiador para toda a sociedade, continuamos trabalhando para manter os nossos serviços de água e esgoto e, ainda, executar melhorias e ampliação dos sistemas”, comentou Sérgio Braga, diretor-presidente.

Além de São Pedro da Aldeia, a Prolagos é responsável pelos sistemas de água e esgoto nos municípios de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio e Iguaba Grande. A nova rede soma à estrutura de esgotamento sanitário composto por mais de 80 elevatórias, sete estações de tratamento, que têm capacidade para tratar 97 milhões de litros de esgoto por dia.

Retomada da obra da Praia dos Anjos

Postado por prolagos em 13/abr/2020 - Sem Comentários

Em função das medidas de prevenção ao coronavírus (Covid-19), definidas pela Organização Mundial da Saúde e demais autoridades sanitárias, a retomada para conclusão da implantação da rede coletora de esgoto na Avenida da Liberdade, em Arraial do Cabo, foi adiada.

Embora a concessionária já esteja mobilizada para realizar a etapa final do cinturão da Praia dos Anjos, que consiste na interligação da nova rede às estações elevatórias, responsáveis por bombear o esgoto até a estação de tratamento, em avaliação conjunta com o governo municipal a obra permanecerá suspensa para proteção da população e das equipes.

Obras da Praia dos Anjos estão concentradas nas ruas Américo Vespúcio e Antônio Sousa Teixeira

Postado por Ascom Prolagos em 26/jun/2019 -

Após implantação de rede, esgoto será captado pelo sistema de coleta em tempo seco e levado para a estação de tratamento

Construção de PV na rua Américo Vespúcio

A implantação do cinturão coletor de esgoto da Praia dos Anjos, em Arraial do Cabo, está concentrada, nesta semana, em duas vias. Na Américo Vespúcio as tubulações já estão assentadas e as ligações dos imóveis estão sendo preparadas. Próximo à esquina com a Avenida da Liberdade um poço de visita (PV), local de acesso à rede subterrânea para vistoria, está sendo finalizado. Paralelamente, na Antônio Sousa Teixeira, próximo à esquina com a Avenida Getúlio Vargas, operários removem a camada asfáltica e os paralelos para iniciarem a escavação para colocar a tubulação que irá captar as contribuições de esgoto da região da Praia Grande.

Na Rua Antônio Sousa Teixeira será necessária a realocação de uma adutora de água e a Prolagos aproveitará para modernizar o trecho trocando 240 metros de tubulação de ferro fundido por tubos de polietileno de alta densidade, que oferece maior resistência e durabilidade. Para não prejudicar o abastecimento no local, será feito um desvio com uma rede provisória até a conclusão dos trabalhos.

Desde o início das atividades, diversas interferências foram encontradas. Um dos mais impactantes é o nível do lençol freático e a influência da maré, que provocam o alagamento das valas logo após abertas. Além da grande umidade do solo, as chuvas intensas também afetaram. “Em maio, por conta do temporal, os trabalhos foram paralisados por uma semana, pois o solo ficou completamente encharcado e as máquinas tiveram dificuldade de locomoção”, explicou o engenheiro Adibe Santos, que acompanha a obra.

Para garantir a segurança das equipes e qualidade é preciso o auxílio de uma bomba de sucção para drenar a área a ser escavada. Para isso, são colocadas ponteiras em toda a extensão e o volume retirado é encaminhado à rede de drenagem. Outros fatores aumentam ainda mais o desafio, como redes de água e esgoto já existentes, os cabos aéreos que atrapalham a movimentação das máquinas e, ainda, a profundidade para a colocação dos tubos. “O esgoto é transportado por gravidade pelos cinturões e, por isso, é necessário criar uma inclinação. Nessa obra, a profundidade de escavação varia entre 1,05m e 4,5m, o que impacta no tempo de execução do serviço”, ressaltou o engenheiro.

A implantação da rede coletora de esgoto na Praia dos Anjos era uma demanda de mais de 20 anos dos moradores de Arraial do Cabo. Após a obra, o esgoto que atualmente é lançado diretamente no canal de drenagem será captado através do sistema coleta em tempo seco e direcionado para a Estação de Tratamento.  No total serão implantados 2,3 quilômetros de rede coletora, 72 poços de visita e 22 novos pontos de captação em tempo seco, para coletar o esgoto que vem de diversas partes da cidade, por meio da rede de drenagem pluvial.

A margem esquerda da Avenida da Liberdade já foi concluída, recebeu pavimentação asfáltica e está liberada para o trânsito. Na próxima semana as atividades serão no último trecho da margem direita, entre as ruas José de Alencar e Benjamin Constant, onde há uma estação elevatória. Ao final da obra, todos os imóveis estarão conectados à rede, garantindo 100% de efetividade da obra.

Operários trabalham na abertura da rua Antônio Sousa Teixeira