Arquivo de setembro 30America/Sao_Paulo 2021

Moradores da Rasa, em Búzios, recebem rede de água tratada

Postado por prolagos em 30/set/2021 - Sem Comentários

Ação é realizada na rua Oziel dos Santos

A cada nova extensão de rede de água, mais famílias têm acesso a saúde e qualidade de vida. É por isso que a Prolagos, uma empresa da Aegea Saneamento, está implantando cerca de 100 metros de rede de água tratada na rua Oziel dos Santos, no bairro da Rasa, em Armação dos Búzios. O trabalho está sendo executado por equipe própria da concessionária e pode beneficiar 10 famílias da localidade. No local será instalada tubulação de polietileno de alta densidade (PEAD), um dos materiais mais modernos para este tipo de serviço.

A ação faz parte do Programa de Melhoria Contínua da Prolagos, que tem foco em levar mais saneamento para a população por meio de obras de extensão de rede de água e de coleta de esgoto, ampliação e melhorias nas estações de tratamento e implantação de novas unidades de bombeamentos. “Nós não poupamos esforços para cada vez mais usuários recebam água tratada em suas casas, com qualidade e regularidade. A expectativa é que até o sejam implantados um total de 35 mil metros de rede de água em 2021, beneficiando moradores de diversos bairros das cidades de Cabo Frio, Arraial do Cabo, Armação dos Búzios, Iguaba Grande e São Pedro” – pontua Dinomar Mendes, supervisor operacional da Prolagos.

Além da equipe operacional, colaboradores do setor Comercial estão no local conversando com os moradores, orientando sobre a importância de se conectar à rede pública e oferecendo condições especiais para a ligação de água, que pode ser parcelada em até 60 vezes. Quem preferir pode fazer a solicitação pelos canais de atendimento da concessionária, como 0800 7020 195 ou WhatsApp (22) 99722-8242. As famílias de baixa renda podem solicitar a inclusão na Tarifa Social, que garante 50% de desconto na conta de água. Para aderir ao programa o consumidor deve preencher quatro requisitos: ter renda familiar de até três salários mínimos; imóvel com construção de até 50 m²; fazer parte de algum programa social do governo e ter consumo mensal de até 10 m³ de água.

Inscrições para o 3º Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental são prorrogadas

Postado por prolagos em 29/set/2021 - Sem Comentários

Concurso distribui R$ 36 mil em prêmios divididos em seis categorias: impresso, TV, rádio, fotografia, web e universitário

 

Profissionais da imprensa e estudantes de Jornalismo da Região dos Lagos têm mais uma oportunidade para colocar o saneamento em pauta e se inscreverem no 3º Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental. Os interessados terão até o dia 22 de outubro para publicarem as reportagens e encaminharem a documentação para o e-mail premio.jornalismo@prolagos.com.br. Inicialmente, a data limite era 30 de setembro. O Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental tem como objetivo estimular a produção de reportagens sobre o saneamento e valorizar os profissionais que atuam nas cinco cidades da área de cobertura da concessionária.

A prorrogação amplia as chances de participação dos jornalistas nas cinco categorias profissionais que compõem o Prêmio: Impresso, TV, Rádio, Fotografia e Web e, também, para os estudantes de jornalismo. Além de troféus, o concurso vai distribuir R$ 36 mil em prêmios em dinheiro: os dois primeiros colocados nas categorias profissionais receberão R$ 4.500 e R$ 2.500, primeiro e segundo, respectivamente e o primeiro colocado na categoria Jornalismo Universitário ganhará R$ 1.000.

As melhores produções serão conhecidas no fim do ano, durante a cerimônia de premiação em data a ser divulgada. O regulamento está disponível no site www.prolagos.com.br. “Falar sobre saneamento é essencial para promover educação ambiental. O tema também tem relação direta com saúde e qualidade de vida, e a imprensa tem papel fundamental na disseminação dessas informações. Além disso, para incentivar o conhecimento dos futuros profissionais, desde a primeira edição contamos com a categoria Jornalismo Universitário” – pontua Roberta Moraes, coordenadora de Comunicação da Prolagos.

Na segunda edição a vencedora na categoria Jornalismo Universitário foi a dupla Maria Emmanuely e Juliana Gandard, com a reportagem “Pequeno Grande Vilão: Aedes aegypti”, publicada na Agência Experimental de Comunicação. O fotógrafo Marcos Homem conquistou a premiação retratando as belezas naturais da Região dos Lagos e colocando no foco o resultado de cidades onde o saneamento é bem tratado. Na categoria radiojornalismo, o primeiro lugar ficou com Ademilton Ferreira, da Rádio Litoral FM, que produziu série de reportagens com especialistas que discutiram os benefícios do acesso a água e esgoto tratados, principalmente, na área de saúde. Em telejornalismo, a repórter Suelen Rodrigues, da Record TV Interior RJ, abordou o sistema de distribuição com a reportagem “Caminhos das Águas”. A Jornalista Maria Fernanda Quintela levou o troféu na categoria webjornalismo se destacando com a reportagem “Desafios do século 21 – O papel de cada um na corrente pela manutenção do maior ativo ambiental de Búzios: o Mangue de Pedras”, publicada no portal Prensa de Babel. No jornalismo impresso, o vencedor foi Rodrigo Cabral, do jornal Folha dos Lagos, com “A Lupa do Abastecimento”, que abordou o uso da tecnologia e da inovação no controle de perdas de água.

Monte Alto recebe evento de educação ambiental

Postado por prolagos em 27/set/2021 - Sem Comentários

Em parceria com a Prefeitura de Arraial do Cabo, Prolagos doou mudas nativas e apresentou o teatro “Prolaguito e a Galera da Água na Aventura da Preservação”

 

O fim de semana foi de muita animação e conscientização ambiental no distrito de Monte Alto, em Arraial do Cabo. A Prolagos, uma empresa da Aegea Saneamento, participou do evento “Ambiente Presente”, realizado pela secretaria municipal de Ambiente e Saneamento da cidade. A ação teve o objetivo de promover ações de educação ambiental, com doação de mudas nativas, coleta de lixo eletrônico, captação de óleo de cozinha usado e a apresentação da peça teatral “Prolaguito e a Galera da Água na Aventura da Preservação”.

Como parte da programação pelo Mês da Árvore, a concessionária distribuiu para os moradores mudas das espécies nativas da região como Aroeira, Ipê, Ingá, Pau Brasil e Vinhático. “É muito importante envolver a comunidade nas ações ambientais, desta forma, todos terão a consciência da responsabilidade de cada um no processo de preservação, reduzindo o impacto ambiental e aumentando a área verde nos municípios por meio do plantio” – ressalta Amanda Bulhões, analista de Meio Ambiente da Prolagos.

A praça do distrito também se transformou em um palco para a apresentação do espetáculo “Prolaguito e a Galera da Água na Aventura da Preservação”, que de forma lúdica ensina as crianças a cuidarem do meio ambiente com ações simples, como a destinação correta de lixo e óleo de cozinha. “Essa é a primeira apresentação desde o início da pandemia e nos preocupamos em adotar as medidas indicadas pela Organização Mundial da Saúde, como manter o distanciamento e o uso de máscara. Além disso, também incluímos na peça informações sobre a Covid-19 e a importância dos cuidados para prevenir a doença” – explica Simony Dias, coordenadora de Responsabilidade Social da concessionária.

Com toques de suspense, humor e aventura, o espetáculo traz a história do mascote Prolaguito, que convoca a Galera da Água para combater o monstro Sujismundo, que incentiva as crianças a jogar lixo em qualquer lugar. “Em tempos de suspensão das atividades artísticas, saber que uma parceria de seis anos com a empresa permanece é gratificante. A empresa entende que o teatro é um instrumento de comunicação e informação rápida e eficaz para as crianças com sua linguagem colorida e divertida. É impressionante o retorno imediato que recebemos da plateia de todas as idades. Isso só nos motiva cada vez mais a permanecer com o cuidado com o que é levado à cena.” César Valentim, diretor e autor do espetáculo.

 

Dia Mundial da Árvore é celebrado com plantio às margens da Lagoa de Juturnaíba

Postado por prolagos em 21/set/2021 - Sem Comentários

Ato simbólico marca o início do reflorestamento de uma área de 1,5 hectare, por meio do projeto Revivendo Águas Claras

Pau Brasil, Ingá, Ipê, são algumas das 60 espécies das 2.600 árvores nativas que serão plantadas em uma área de 1,5 hectare, às margens do manancial de Juturnaíba, local onde a Prolagos, uma empresa da Aegea Saneamento, realiza a captação da água bruta para abastecer as cidades de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia. A iniciativa acontece em celebração ao Mês Mundial da Árvore (21), por meio do projeto Revivendo Águas Claras, programa de recuperação e conservação das matas ciliares dos rios e mananciais da bacia hidrográfica do Rio São João.

O reflorestamento começou um plantio simbólico com a participação de colabores da concessionária, de alguns membros da sociedade civil organizada e do Comitê de Bacias Lagos São João. “Preservar o manancial é preservar a vida. Nós precisamos zelar por ele e pela vegetação às margens da lagoa, pois se permitirmos que as áreas continuem desmatadas, ficaremos sem água no futuro” – pontua Dalva Mansur, coordenadora da Câmara Técnica de Educação Ambiental, do Comitê de Bacias Lagos São João.

Iniciado em 2012, o primeiro passo do projeto foi a elaboração de um diagnóstico da Lagoa de Juturnaíba, com levantamento fotográfico, arquivo documental e histórico do manancial. Essas informações foram cruzadas com o banco de dados cadastrados georreferenciados para identificar as áreas prioritárias para recuperação. “Temos um total 109 hectares de área cadastrados no projeto. Até hoje, já recuperamos cerca de 20 hectares. Mas nosso trabalho não termina no plantio. Durante um ano fazemos o acompanhamento dessas árvores para garantir que elas cresçam fortes e saudáveis” – explica Felipe Liberato, coordenador de EHS da Prolagos.

O levantamento foi amplamente divulgado na comunidade por meio de reuniões e palestras, com objetivo de mobilizar a população e estimular o cadastramento de produtores rurais e proprietários das áreas no entorno da lagoa de Juturnaíba e de seus afluentes para elaboração de um banco de áreas para reflorestamento. “Resolvi cadastrar parte do meu sítio porque precisamos fazer o reflorestamento para recuperar a vegetação local, atrair mais animais e ajudar a nossa lagoa” – afirma o fazendeiro, Antônio Carlos Nogueira.

O projeto faz parte do Plano de Educação Ambiental da concessionária, aprovado pela Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa), que visa estabelecer ações educativas voltadas às atividades de proteção, recuperação e melhoria socioambiental. A iniciativa é realizada em parceria com as duas concessionárias da Região dos Lagos, Consórcio Lagos São Joao e Comitê de Bacias Lagos São João.

Prolagos promove gincana de arrecadação de óleo de cozinha usado com escolas da rede municipal

Postado por prolagos em 20/set/2021 - Sem Comentários

Ação de educação ambiental é realizada em todos os municípios da área de concessão

Com o objetivo de conscientizar estudantes da rede pública municipal sobre a importância da destinação correta do óleo de cozinha usado e os danos que esse produto causa quando é despejado na rede de esgoto, a Prolagos, uma empresa da Aegea Saneamento, em parceria com as prefeituras das cidades de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia, iniciou a “Gincana De Olho no Óleo”. A ação de educação ambiental será realizada com alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental.

Os participantes terão até o dia 12 de novembro para arrecadar o óleo de cozinha usado. O anúncio dos vencedores será feito nas mídias sociais da concessionária, no dia 29 de novembro. A turma que conseguir arrecadar a maior quantidade do resíduo ganhará uma viagem ao Rio de Janeiro para conhecer o Museu do Amanhã, na Praça Mauá. O material arrecadado será encaminhado para reciclagem, podendo ser transformado em sabão, biodiesel ou tinta.  “A educação ambiental desperta nos alunos o senso de cidadania e preservação, e a gincana é uma forma lúdica de trabalharmos essa consciência. Além de aprenderem, as crianças são multiplicadoras, compartilhando com as famílias todo o aprendizado adquirido” – ressalta Simony Dias, coordenadora de Responsabilidade Social da Prolagos.

A gincana faz parte do programa “De Olho no Óleo”, lançado em 2019, a fim de orientar a população a utilizar corretamente as redes públicas. Toda população deve evitar o descarte irregular do óleo, pois apenas 50 ml é o suficiente para poluir 25 mil litros de água, volume que atenderia 125 pessoas em um dia. Além disso, quando jogado na pia, ele pode causar entupimento da tubulação da residência e atrair pragas que podem causar doenças como leptospirose, febre tifoide, cólera, salmonelose, hepatites, entre outras. Já no caso da rede de drenagem, ao ser misturado com areia ou outros resíduos sólidos, é formada uma espécie de concreto, causando obstruções que podem provocar alagamentos em períodos de chuva.

 

Líderes comunitários participam de capacitação sobre saneamento

Postado por prolagos em 17/set/2021 - Sem Comentários

Treinamento oferecido pela Prolagos apresentou os sistemas de água e esgoto

 Promover o conhecimento sobre algo essencial para saúde e qualidade de vida, o saneamento básico, e formar multiplicadores de conhecimento nas comunidades de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia. Esse foi o objetivo do treinamento para líderes comunitários organizada pela Prolagos, em parceria com a Academia Aegea, plataforma de educação corporativa da Aegea Saneamento, grupo do qual a concessionária faz parte. Ao todo, mais de 40 representantes de associações de moradores e ONGs da região participaram dos dois dias da capacitação que percorreu o ciclo completo do saneamento, iniciando na captação e tratamento de água e finalizando na coleta e o tratamento de esgoto.

“O objetivo desse curso é apresentar o caminho que precisa ser totalmente percorrido pela água e pelo esgoto para garantirmos a preservação do meio ambiente. Tivemos uma participação grande dos líderes comunitários da região, bastante interessados em aprofundar o conhecimento sobre saneamento básico”, comenta Ana Helena Berenhauser, diretora técnica da Hydrus, empresa voltada para capacitação de profissionais de saneamento básico, que conduziu o treinamento dos líderes.

Além da parte técnica e operacional dos sistemas, a capacitação, que aconteceu de maneira virtual, apresentou aos líderes como o usuário pode ser mais ativo em todo ciclo, ensinando informações simples, como o funcionamento do hidrômetro e como o descarte irregular de lixo doméstico pode prejudicar a rede de esgoto.

“Foi muito legal da parte da Prolagos nos proporcionar esse ensinamento de como devemos contribuir com os cuidados ao meio ambiente, com a água que recebemos e como devemos cuidar do nosso consumo. Toda essa informação eu pretendo passar para os moradores aqui do meu bairro”, disse Maristela Macacchero, líder comunitária da Associação de Moradores do Jardim Nautilus, em Cabo Frio.

A capacitação faz parte do Programa Afluentes, canal de comunicação e relacionamento entre a empresa e lideranças comunitárias, que, mensalmente, realiza reuniões virtuais para ampliar o trabalho já realizado presencialmente e localmente antes da pandemia. A iniciativa apresenta diversas áreas da empresa para os líderes, que podem escolher os temas de acordo com as necessidades dos bairros.

“A ideia de fazer esse treinamento surgiu a partir das dúvidas que apareciam nas reuniões mensais do programa. Cada mês tratamos sobre um tema e muitos questionamentos sobre os processos em si eram levantados pelos líderes. Então, decidimos fazer essa ação para capacita-los e torna-los multiplicadores da informação”, comenta Angelica Braz, do setor de Responsabilidade Social da Prolagos e responsável pelo programa.

Para complementar o conhecimento adquirido nos dois dias de treinamento, os participantes foram convidados a conhecer nas próximas semanas a sede da Prolagos, em São Pedro da Aldeia, onde irão receber os certificados do curso e visitar o Centro de Controle Operacional, a Estação de Tratamento de Água (ETA), localizada no distrito de São Vicente de Paulo, em Araruama e a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de São Pedro da Aldeia.

Inea flagra abastecimento irregular de caminhão-pipa em poços clandestinos

Postado por prolagos em 16/set/2021 - Sem Comentários

Operação contou com a participação de agentes da Polícia Civil e equipe da Prolagos

Fiscais do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), por meio da Superintendência Regional Lagos São João (Suplaj), encontraram na tarde desta quinta-feira (16) um galpão utilizado para o fornecimento de água de poço para caminhões-pipas clandestinos no bairro Guriri, em Cabo Frio. A ação contou com o apoio de agentes da Polícia Civil e da Prolagos, que ajudou na retirada dos canos e bombas e na desativação dos poços.

A equipe do INEA chegou ao local após denúncias feitas ao Ministério Público Federal e identificou 12 poços clandestinos que abasteciam de 5 a 10 caminhões-pipa por dia. Segundo o INEA, os veículos atuavam na Região dos Lagos, com principal foco em Cabo Frio e Armação dos Búzios e empresas da região. Além da estrutura para o abastecimento dos veículos, um caminhão-pipa foi encontrado no local e também um motorista, que fugiu ao avistar os fiscais e a polícia. Todos os equipamentos foram apreendidos e os poços desativados.

“O perigo em consumir uma água clandestina é adquirir diversos tipos de doenças de pele, intestinal, entre outras. Saber a origem do produto é requisito essencial para garantir a saúde.”, comenta Allan Oliveira, técnico operacional do INEA, que junto com Alexandre Pessanha, chefe de fiscalização do instituto, e equipe, conduziu a operação.

O consumo de água proveniente de poços artesianos em substituição ao abastecimento da Prolagos pode trazer riscos à saúde pública, pois raramente essa água recebe o tratamento adequado. Para ser própria para o consumo, a água precisa atender aos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Responsável pelo abastecimento dos municípios de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia, a Prolagos cumpre um rigoroso controle de qualidade, que inclui a realização diária de coletas e análises laboratoriais da água em diversas partes do sistema de abastecimento, que totalizam mais de quatro mil exames mensais. As análises são efetuadas por laboratório credenciado pelo INEA, certificado pelo Inmetro.

Os usuários que não estão conectados à rede de abastecimento podem entrar em contato com a empresa pelo 0800 70 20 195 ou pelo WhatsApp (22) 99722-8242 e fazer o pedido de viabilidade técnica, que é a vistoria para apontar se o local já é atendido pelo sistema público ou se será necessária a implantação de uma nova rede. A nova ligação pode ser parcelada direto na conta de água. A taxa custeia toda a execução do serviço, como mão de obra, equipamentos e a recomposição do local, além da utilização do hidrômetro aferido pelo Inmetro e a troca do medidor quando necessária.

Mulheres do Quilombo Caveira participam de oficina de cerâmica

Postado por prolagos em 16/set/2021 - Sem Comentários

Projeto “Somos divas na luz do candeeiro”, desenvolvido pela Casa Scliar e Prolagos, chega à segunda edição com foco no empoderamento feminino por meio da geração de renda

Um grupo de mulheres do quilombo Caveira, em Botafogo, São Pedro da Aldeia, está participando do projeto “Somos divas na luz do candeeiro”, desenvolvido pelo Instituto Carlos Scliar, em parceria com a Prolagos. Muito além de uma oficina de cerâmica, o programa tem foco em fomentar a representatividade e a independência do grupo, estimulando o potencial criativo e capacitando para a confecção de peças que poderão apoiá-las na complementação da renda familiar.

Este é o segundo ano do projeto, que nasceu no início da pandemia, com o quilombo de Baía Formosa, de Armação dos Búzios. Cumprindo as normas de prevenção da Covid-19, com distanciamento, uso de máscaras e álcool em gel, elas se reúnem semanalmente no jardim da Casa Scliar, em Cabo Frio, onde aprendem modelar a argila, pintar, queimar e inserir ilustrações que tratam sobre a cultura afro-brasileira. “A continuidade desse projeto tem um simbolismo muito grande, pois trabalhamos com a arte da transformação. Nós pegamos um material sem forma, construímos uma peça, levamos ao forno e o que era um objeto frágil, depois da queima, se torna forte. Essa também é nossa intenção com todas as pessoas que participam desse projeto, que elas saiam mais fortalecidas após esta experiência” – ressalta Cristina Ventura, coordenadora da Casa Scliar e idealizadora do “Somos divas na luz do candeeiro”.

O encontro também oferece a oportunidade de fazerem uma imersão no universo da cultura, com discussões sobre a arte e o patrimônio histórico nacional. Cada turma trabalha com uma peça distinta, respeitando as particularidades das comunidades de origem. As mulheres do quilombo Caveira estão aprendendo a confeccionar luminárias, enquanto as do quilombo de Baía Formosa, trabalhavam com utensílios de cozinha, como pratos e copos. “O barro faz parte da minha história. Já morei em casinha de estuque, mas eu nunca havia trabalhado com ele no artesanato. Para mim, está sendo uma verdadeira terapia. Passei por dois AVC’s, não conseguia nem falar e aqui, aos poucos, vamos nos desenvolvendo e conversando, enquanto aprendemos” – pontua a aluna Helena Silveira.

O projeto também oferece acesso ao curso Exercitando a Mentalidade Financeira, oferecido pela Academia Aegea, plataforma de educação corporativa da Aegea, grupo do qual a Prolagos faz parte. “Nossa intenção é oferecer um suporte completo para que elas consigam transformar a participação neste projeto em uma oportunidade de empreender e criar oportunidades que impulsionem a cultura e a comunidade na qual fazem parte” – explica Simony Dias, coordenadora e Responsabilidade Social da Prolagos.

O projeto “Somos divas na luz do candeeiro” visa dar projeção à história e cultura quilombola e está alinhada ao programa de diversidade e igualdade racial Respeito Dá o Tom, desenvolvido pela Prolagos e todas as empresas do grupo Aegea. Ao final das oficinas, as participantes continuarão utilizando o espaço da Casa Scliar para confeccionar as peças.

Iguaba recebe doação de insumos em apoio à vacinação contra a Covid-19

Postado por prolagos em 13/set/2021 - Sem Comentários

Ação da Prolagos faz parte do Movimento Unidos pela Vacina

 

Em apoio ao município de Iguaba Grande no enfrentamento à Covid-19, a Prolagos, uma empresa da Aegea Saneamento, doou 5 mil máscaras descartáveis e luvas de procedimento, além de álcool gel e álcool 70%. A entrega dos insumos aconteceu nesta segunda-feira, 13 de setembro, na sede da prefeitura e contou com a participação do prefeito, Vantoil Martins; do secretário de Governo, Jales Lins; do secretário de Saúde, Valdeci Junior; da coordenadora de Imunização, Patrícia Costa; do secretário de Planejamento, Eronildes Bezerra e dos vereadores Marcelo Durão e Luciano Silva.

A ação faz parte do Movimento Unidos pela Vacina, que tem como objetivo viabilizar a campanha de vacinação em todo o país. Desde o início da pandemia, a Prolagos vem apoiando os municípios no combate à Covid-19 com a limpeza de espaços públicos, doações de equipamentos de proteção individual aos profissionais da linha de frente, cestas de alimentos e itens de higiene para famílias de pescadores, água sanitária para associações de moradores e pescadores. “Muito além do saneamento básico, nosso foco é zelar pela saúde e bem-estar da população. Nossa intenção é apoiar as prefeituras para que todas as pessoas possam estar totalmente imunizadas o quanto antes” – pontua o presidente da Prolagos, Pedro Freitas.

O prefeito agradeceu à concessionária pela parceria e falou sobre a importância de unir os esforços para combater este vírus. “A luta contra a Covid-19 não é somente do poder público, mas de todos. É muito importante para Iguaba Grande receber esta colaboração. Eu ficaria muito feliz em ver outras empresas fazendo um trabalho como este” – ressaltou o prefeito Vantoil Martins.

Além de Iguaba, o município de Arraial do Cabo foi contemplado com testes rápidos de coleta nasofaringeal e termômetros digitais infravermelhos, e para São Pedro da Aldeia foram contratadas duas equipes da Cruz Vermelha, com enfermeiros e técnicos de enfermagem, que irão auxiliar na vacinação municipal por dois meses. Os itens doados foram definidos pelas secretarias de Saúde dos municípios. Cabo Frio e Armação dos Búzios foram amadrinhadas por outras empresas.

 

SOBRE O UNIDOS PELA VACINA

Criado a partir da iniciativa de Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo Mulheres do Brasil, o Movimento Unidos Pela Vacina é apartidário e tem como objetivo tornar viável a vacinação de toda a população brasileira em idade adulta. Mais de 4.000 pessoas entre artistas, cientistas, empresários e representantes de comunidades, entidades setoriais e da sociedade civil uniram-se à executiva e 90 mil voluntárias, potencializando suas forças e vozes em benefício da imunização da população.

Mais informações em: https://www.unidospelavacina.org

Prolagos e Prefeitura de Arraial do Cabo promovem cadastramento na Tarifa Social

Postado por prolagos em 09/set/2021 - Sem Comentários

Benefício concede desconto de 50% na conta de água. Famílias de baixa renda podem se inscrever nesta sexta-feira (10), no CRAS do Morro da Cabocla 

 

Para oferecer mais acesso à água tratada, saúde e qualidade de vida para a população, a Prolagos e a Prefeitura de Arraial do Cabo promovem um mutirão de atendimento para inscrever as famílias de baixa renda no benefício que garante 50% de desconto na fatura de água. O cadastro de pessoas em situação de vulnerabilidade social ou desempregadas será no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Amado Julião Batista, no Morro da Cabocla, nesta sexta-feira, 10 de setembro, das 9h às 15h.

Para aderir ao programa o consumidor deve apresentar os seguintes documentos: Carteira de Trabalho e Previdência, guia de recolhimento para Previdência Social ou documento equivalente, RG ou documento com foto e CPF, comprovante de inscrição no Cadastro Único e uma fatura de água. Também é necessário preencher três requisitos: ter renda familiar de até três salários mínimos; fazer parte de algum programa social do governo municipal, estadual ou federal e ter média de consumo mensal de 10 m³ de água.

Depois de solicitar a inclusão no programa, o imóvel é vistoriado e, após a validação dos requisitos, os moradores já passam a ser beneficiados. O programa tem duração de 12 meses com renovação mediante a atualização do cadastro. Os clientes também podem solicitar uma análise para a própria residência por meio do aplicativo Águas App, do telefone 0800-7020-195 e pelo WhatsApp no (22) 99722-8242. “Levando o Programa de Tarifa Social até os munícipes, aproximamos a concessionária da população e oferecemos mais comodidade aos nossos clientes, reconhecemos que o acesso à água potável e ao saneamento é um direito humano essencial para o proveito da vida e de todos os outros direitos humanos” – Pontua Simony Dias, coordenadora de Responsabilidade Social da Prolagos.

Os primeiros a receberem os mutirões foram os CRAS Jardim Esperança e João Nascimento, em Tamoios, Cabo Frio. A iniciativa também irá se estender aos municípios de Iguaba Grande, Armação dos Búzios e São Pedro da Aldeia. 

 

Serviço:

O CRAS Amado Julião Batista fica na Rua Tomé de Souza, no Morro da Cabocla.