Chef Camarão vence a Gincana De Olho no Óleo entre restaurantes de Cabo Frio

Postado por Ascom Prolagos em 04/nov/2019 -

 

Concurso realizado durante o Festival Sabores evitou que mais de mil litros do resíduo fossem descartados irregularmente nas redes de drenagem e esgoto

Com 580 litros de óleo de cozinha coletados, o Chef Camarão, no shopping Park Lagos, foi o vencedor da Gincana De Olho no Óleo entre os restaurantes participantes do Festival Sabores de Cabo Frio e receberá cinco tablets para serem entregues para os funcionários da cozinha. O concurso mobilizou os estabelecimentos, que evitaram que 1.396 litros do resíduo utilizado nos preparos de alimentos fossem descartados por pias e ralos, o que pode danificar as redes de drenagem e esgoto.

O segundo lugar ficou com o restaurante La Mole, que arrecadou 410 litros, na sequência vem Yummy, que coletou 225 litros, Kentô, com 160 litros, Armazém da Passagem, que entregou 122 l, e Delírios Restaurante, que arrecadou 90 l. “Ficamos felizes com a primeira edição da gincana que acrescentou ao festival gastronômico um ingrediente extra: a sustentabilidade. Os profissionais que atuam nas cozinhas podem ser nossos grandes aliados nessa busca pela conscientização do descarte adequado do óleo usado”, comentou o diretor presidente da Prolagos, Sérgio Braga.

A gincana é uma ação homônima ao programa lançado pela concessionária neste ano com objetivo de chamar atenção ao uso correto dos sistemas de esgotamento sanitário e drenagem. O lançamento de resíduos como o óleo pode causar contaminações, entupimentos e extravasamento, além de atrair pragas que podem causar doenças. Para descartar corretamente o resíduo, basta espera-lo esfriar, colocar em uma garrafa de plástico e deixar em algum ponto de coleta, como as lojas de atendimento da Prolagos.

A entrega da premiação do restaurante vencedor acontecerá durante o encerramento da segunda edição do Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental, que acontecerá no fim do mês. Além da competição entre os restaurantes, a concessionária também mobilizou alunos da rede municipal de ensino de Cabo Frio e São Pedro da Aldeia, cujos vencedores foram, respectivamente, as turmas 500 da E.M. Oswaldo Santa Rosa, na Ogiva, e 800 da E.M. Dulcinda Jotta Mendes, no bairro São João. Os alunos das classes campeãs farão uma visita-passeio ao Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Para ampliar o alcance da conscientização, a empresa também está mobilizando as Associações de Moradores dos cinco municípios da área de concessão. A comunidade, que até o dia 24 de novembro, coletar a maior quantidade de óleo usado ganhará a estrutura para festa infantil de festa de fim de ano do bairro.

O De Olho no Óleo é desenvolvido pela Prolagos em parceria com a ONG Reciclóleo, responsável pela correta destinação, como produção de sabão e biodiesel. Para do valor arrecadado pela organização é destinado a compra de material esportivo para projetos sociais.

*Editado em 13/11/19, às 10h15, para correções.

Prolagos promove gincana sustentável entre participantes do Sabores de Cabo Frio

Postado por Ascom Prolagos em 02/set/2019 -

 

Concurso “De Olho no Óleo” vai premiar funcionários dos restaurantes que descartarem corretamente o óleo usado nos preparos

A Prolagos adiciona ingrediente extra a quinta edição do Festival Sabores de Cabo Frio e estimula os restaurantes a desenvolverem rotina mais sustentável no descarte de óleo usado. Por meio da gincana “De Olho no Óleo”, os funcionários das cozinhas serão incentivados a acumular o resíduo em garrafas plásticas, evitando o lançamento irregular pelos ralos e pias, o que provoca extravasamentos, entupimento nas redes públicas e impactam o sistema de esgotamento sanitário.

Todos os restaurantes participantes do festival estão automaticamente inscritos na gincana e os interessados têm até o dia 6 de setembro para entrar em contato com o setor de Responsabilidade Social (social.prl@prolagos.com.br) e indicar o responsável por acompanhar o recolhimento do material. Será contabilizado apenas o resíduo produzido durante o festival, entre 6 de setembro a 6 de outubro. O restaurante que coletar a maior quantidade será campeão e os integrantes da cozinha serão premiados.

Coletor também está disponível em todas as lojas de atendimento

O concurso é uma ação homônima ao programa lançado pela concessionária neste ano com objetivo de chamar atenção ao uso correto da rede pública. “Aproveitamos este importante momento para os restaurantes de Cabo Frio para promover uma reflexão entre os profissionais que trabalham nas cozinhas. Às vezes, por não saberem o prejuízo que o óleo provoca, algumas pessoas ainda jogam o resíduo pela pia. Desde junho, disponibilizamos coletores em nossas lojas de atendimento para que todos possam fazer o descarte corretamente”, explica o diretor executivo da Prolagos, José Carlos Almeida.

Em contato com o meio ambiente, o óleo tem efeito devastador: um litro de óleo de cozinha usado pode poluir cerca de um milhão de litros de água, contaminar praias, lagoas e o solo. “Este ano a Prolagos faz a diferença com um projeto sustentável, que eleva o sucesso do evento Sabores de Cabo Frio. Essa prática deve ser ampliada e seguida por todos, pois é fundamental para nossa cidade e nossos territórios turísticos”, diz Maria Inês Oliveros, organizadora do evento.

O programa De Olho no Óleo conta com a parceria da ONG Reciclóleo, responsável pela coleta do resíduo e sua correta destinação, como a venda para a produção de biodiesel e fabricação de sabão.  Parte do valor é destinado para a aquisição de material esportivo para projetos sociais. Com o objetivo de impulsionar a coleta e contribuir na formação de cidadãos mais conscientes, a concessionária também está promovendo a gincana sustentável entre estudantes da rede municipal das cidades de Cabo Frio e São Pedro da Aldeia. A atividade é destinada a alunos do 4º ao 9º ano do ensino fundamental e as turmas de cada cidade que coletarem maior quantidade de litros de óleo ganharão uma visita-passeio ao Museu do Amanhã no Rio de Janeiro.

A edição 2019 do Festival Sabores de Cabo Frio conta com a participação de mais 60 estabelecimentos gastronômicos e tem como inspiração a Bossa Nova e os pratos exclusivos oferecidos ao público serão elaborados a partir do tema “Cores, Sons e Sabores”. Os chefs terão o desafio de preparar pratos que mostrem um pouco das características que inspiraram Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli a compor o clássico da Bossa Nova “O Barquinho”, em 1961, quando navegavam por Cabo Frio. Os pratos principais custarão R$24, entradas e petiscos R$18 e as sobremesas R$15.