Prolagos moderniza sistema de desinfecção da água

Postado por prolagos em 30/mar/2020 - Sem Comentários

Processo traz maior segurança operacional e ambiental

Manter a água limpa e desinfetada até chegar aos imóveis. Essa é a função do cloro, que elimina agentes patogênicos, como vírus e bactérias. Esse produto é utilizado pela Prolagos na Estação de Tratamento de Água (ETA) em São Vicente, Araruama. Para aumentar a eficiência do tratamento, a concessionária implantou um moderno sistema de produção de cloro, também chamado de hipoclorito de sódio, substituindo o uso do cloro gás, o que representa maior segurança operacional e ambiental.

O novo método utiliza como matéria prima um item característico produzido na Região dos Lagos: o sal de cozinha. “O processo funciona de maneira simples utilizando sal de cozinha, água e energia elétrica para produção do hipoclorito de sódio. Com a implantação do gerador, a produção e dosagem da solução é automatizada, dispensando contato manual com o produto químico. Este é um sistema inovador, eficiente, seguro e ambientalmente correto”, comenta Rogério Marins, coordenador de Operações na ETA.

O sistema traz também como vantagem a estabilidade do nível de cloro até a ponta da rede e garante a qualidade da água em todo o sistema de distribuição de água. “O equipamento veio para reforçar a eficiência da etapa da desinfecção, quando asseguramos que a água fornecida não contém microrganismos. Esta é uma importante aquisição da empresa, que não mede esforços para melhorar cada vez mais os serviços e a segurança de suas equipes”, comenta José Vicente Marino, gerente de Operações da Prolagos.

A implantação do gerador faz parte do Programa de Melhoria Continua da concessionária, com foco na eficiência da operação. Outas iniciativas também estão sendo adotadas como a implantação de estações de bombeamento (booster) para aumentar a pressão nas redes, contribuindo para que a água chegue nos pontos mais distantes e elevados. Esses investimentos irão resultar na melhor qualidade da água tratada distribuída para aproximadamente 420 mil pessoas dos cinco municípios atendimentos na baixa estação e chega a mais de 1,2 milhão na alta temporada.

Prolagos inicia modernização dos filtros da Estação de Tratamento de Água

Postado por Ascom Prolagos em 17/jun/2019 -

 Mais de 70 toneladas de material filtrante serão trocadas. Atividade não impacta o sistema de abastecimento da região

Os 12 filtros que fazem parte do sistema de tratamento de água da Prolagos estão passando por reforma e modernização. A ação faz parte do Programa de Melhoria Continua da concessionária, com foco na eficiência da operação. O investimento resultará na melhor qualidade da água tratada, distribuída para cerca de 400 mil moradores dos cinco municípios atendimentos na baixa estação, que chega a mais de 1,2 milhão na alta temporada.

Os tanques com materiais filtrantes, formados por pedra e areia especiais com diferentes tamanhos, dispostas em camadas e cobertas por antracito (carvão ativado), são responsáveis por tornar a água insípida e inodora. Eles são lavados periodicamente para evitar o acúmulo de partículas, que dificultam o processo de filtragem. A reforma deste leito consiste na remoção e troca completa do material. A atividade está sendo executada progressivamente e não compromete o abastecimento de água.

A filtração faz parte da fase final do tratamento de água, sua função é separar partículas e micro-organismos que não foram retidos nos processos de coagulação e decantação. A remoção desses flocos suspensos na água ocorre devido à aderência aos grãos de areia. “Com estes investimentos, a estação estará mais robusta para enfrentar as variações sazonais da qualidade da água bruta da Lagoa de Juturnaíba, de onde a água é captada. Até o fim do ano serão construídas mais seis unidades, com previsão de início para atendimento da temporada de verão, quando a população chega a triplicar, aumentando a demanda”, explica o engenheiro José Vicente Marino, gerente de Operações de Água da Prolagos.

Outras iniciativas estão programadas para iniciar nos próximos meses, como a reforma da balsa de captação de água, que contará com a substituição de conexões e dos quadros de comando. Para aperfeiçoar a segurança operacional, a Prolagos adquiriu geradores de cloro, o mais moderno sistema de cloração disponível no mercado, que produz a substância a partir de cloreto de sódio.

O equipamento, que substituirá o uso do cloro a gás, atua de forma segura, econômica e sustentável, garantindo um nível estável de cloro até a ponta da rede. “Esta é uma importante aquisição da Prolagos, que não mede esforços para melhorar ainda mais a qualidade da água distribuída e a segurança de suas equipes. Como o sistema não opera com suprimentos contaminantes ou perigosos, ele também oferece maior proteção ambiental, ou seja, é excelente em todos os sentidos”, finaliza José Vicente.