Manguinhos ganha nova estação elevatória de esgoto

Postado por prolagos em 14/fev/2020 - Sem Comentários

Unidade de bombeamento está sendo construída no Porto da Barra e vai reforçar o sistema de captação a tempo seco

 

O bairro Manguinhos, em Armação dos Búzios, está recebendo importante obra de saneamento básico. A Prolagos está construindo uma nova estação elevatória de esgoto (EEE), que vai auxiliar a unidade já existente no bombeamento para a estação de tratamento e reforçar o sistema de captação a tempo seco, que recebe as contribuições que chegam pelas galerias pluviais. O local é o principal ponto de escoamento da drenagem urbana do município e a previsão é que a nova bomba entre em operação no próximo mês.

A intervenção começou nesta semana com escavação na Av. José Bento Ribeiro Dantas, na lateral da pista que segue para o Centro da cidade, onde serão assentados 300 metros de tubulação de esgoto. A interligação com a unidade em funcionamento dobrará a capacidade de bombeamento das contribuições que chegam pela rede de drenagem. Após a conclusão da obra, as duas elevatórias ficarão responsáveis por bombear as contribuições de esgoto da península até a estação, que fica no bairro São José, que tem capacidade para tratar 17 milhões de litros por dia.

Os investimentos fazem parte do Programa de Melhoria Contínua no Sistema de Esgotamento Sanitário dos cinco municípios da área de abrangência da Prolagos: Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia.

Teatro marca encerramento das atividades do Saúde Nota 10 em 2019

Postado por Ascom Prolagos em 09/dez/2019 -

 

Programa de educação socioambiental da Prolagos atendeu cerca de quatro mil pessoas neste ano

Com a apresentação do espetáculo teatral “Prolaguito e a Galera da Água na Aventura da Preservação”, na escola Municipal Marilia Plaisant, no Jardim Esperança, em Cabo Frio, a Prolagos encerrou as atividades do Saúde Nota 10, desenvolvido pelo setor de Responsabilidade Social. O programa de educação socioambiental leva para as salas de aula conteúdos que reforçam a importância do acesso à água e esgoto tratados e o papel do cidadão na preservação dos recursos naturais. Neste ano, 15 escolas do primeiro segmento do ensino fundamental receberam as atividades, que compreendem em palestras interativas e concurso cultural, impactando quatro mil pessoas.

O Saúde Nota 10 é destinado a alunos do 1° ao 5° anos da rede pública de ensino. Após aprenderem sobre saneamento básico, os estudantes são convidados a produzir um desenho, do 1º ao 3º anos, ou uma redação, 4º e 5º anos, com o tema “água e esgoto tratados: saúde para todos”. Os trabalhos são avaliados por uma comissão formada por representantes da empresa, que analisa critérios como relação com o tema, clareza nas ideias, sensibilidade e criatividade. Os melhores de cada categoria são premiados: primeiro lugar uma bicicleta, segundo mochila e kit do Prolaguito e o terceiro ganha conjuntos de brindes do mascote. A entrega do prêmio acontece no dia do encerramento, quando o teatro é apresentado.

Primeiro lugar na categoria redação, Ana Luiza, do 4° ano, melhorou seus hábitos em relação ao meio ambiente, após participar da atividade promovida pela concessionária. “O programa me ensinou que eu tenho que cuidar mais da natureza, não jogar lixo no chão e passar isso para outras pessoas aprenderem também”, reforçou a estudante.

A peça aborda assuntos como às consequências do descarte incorreto do lixo, a importância de não desperdiçar os recursos naturais, além de mostrar que esses cuidados devem ser de todos. De maneira bastante interativa, Prolaguito e a Galera da Água derrotam o monstro da sujeira, o Sujismundo, e mostram para os alunos que juntos podemos combater a poluição. “O projeto é maravilhoso para os alunos e muito importante, porque eles são multiplicadores da informação. Com certeza, quando eles virem alguém jogando lixo no chão se lembrarão da mensagem passada na peça e vão chamar atenção de quem tomou a atitude errada”, comentou a diretora da escola Municipal Marilia Plaisant, Marcia Arruda.

A ação acontece em todas as cidades atendidas pela concessionária: Arraial do Cabo, Armação dos Búzios, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia. Desde a criação, em 2012, já foram atendidas quase 40 mil crianças. Em função das férias escolares, as atividades serão retomadas em março de 2020.

 

Prolagos apresenta Plano Verão ao prefeito André Granado, de Búzios

Postado por Ascom Prolagos em 06/dez/2019 -

Secretários Paulo Abranches, de Obras e Saneamento, e Armando Ehrenfreund, também participaram do encontro

Diretores e gerentes da Prolagos estiveram na sede da prefeitura de Armação dos Búzios, na manhã desta sexta-feira, para apresentar as medidas preventivas desenvolvidas pela concessionária para reduzir os impactos provocados pelo aumento do consumo de água tratada durante a alta temporada. Também participaram do encontro os secretários Paulo Abranches, de Obras e Saneamento, e Armando Ehrenfreund, de Turismo.

Entre as ações realizadas pela empresa destacam-se as manutenções nas estações de tratamento de água e esgoto, limpeza e troca de equipamentos, aquisição de novos geradores e aumento da equipe de atendimento. Para este ano, a concessionária ampliou o número de estações de bombeamento em todo o sistema de distribuição, a fim de aumentar a pressão nas redes, facilitando o transporte de água. Em Búzios serão seis unidades: Vila Caranga e Rasa, já em operação, além de Tucuns, Bosque Geribá, Vila Verde e Baía Formosa, que estão sendo finalizados.

Reconhecida internacionalmente, Armação dos Búzios recebe, todos os anos, um grande número de turistas, e a expectativa do prefeito André Granado, é que nesta temporada seja ainda maior. “Temos uma grande expectativa em relação ao número de turistas, que deve superar o ano passado.

“Acredito que as medidas tomadas preventivamente, como as executadas nas estações de água e esgoto, a construção de novas elevatórias em pontos mais críticos da cidade, possam evitar alguns problemas e atender a alta demanda do verão”, pontuou Granado, que fez algumas reivindicações de melhorias nos processos de manutenção dos serviços de água e esgoto.

A iniciativa faz parte de uma prestação de contas da concessionária, que está apresentando todos os investimentos feitos nos últimos meses com foco nos meses de verão, quando a população na área de concessão salta de cerca de 400 mil para mais de 1,25 milhão. Além do diretor-presidente, Sérgio Braga, e o diretor executivo, José Carlos Almeida, participaram da apresentação os gerentes José Vicente Marino, de Operações de Água, Marcus Vinícius Batista, de Serviços, Ricardo Azevedo, de Responsabilidade Social, e os coordenadores, Pablo Meletti, de Operações de Esgoto, e Fabio Agostini, de Obras.

A campanha de conscientização e orientação para a população também foi apresentada ao prefeito. Desde o início de novembro a Prolagos está veiculando nas redes sociais e nos veículos de imprensa de grande circulação mensagens para que os usuários se preparem para receber bem o verão. “Assim como nos preparamos para receber a visita na nossa casa, comprando mais comidas e bebidas, temos que manter os nossos reservatórios, como cisternas e caixas d’água, sempre cheios. Esta é uma medida simples e faz a grande diferença em dias de alto consumo”, explicou o diretor executivo, José Carlos Almeida.

Além da preparação Operacional, o setor Comercial montou esquema diferenciado de atendimento que vai ser ampliado a partir de dezembro. A partir do dia 14 de dezembro, as lojas também funcionarão aos sábados, das 8 às 12h, e terão reforço de equipe extra, além de totens de autoatendimento. Mas os clientes não precisarão sair casa para fazer qualquer solicitação, o ‘Águas APP’ dá acesso a débitos automático, informações sobre abastecimento, segunda via de conta e pagamentos. O funcionamento via WhatsApp será feito 24 horas, assim como Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), disponível pelos números 0800 70 20 195 e (22) 2621-5095.

Inscrições para o 2º Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental são prorrogadas

Postado por Ascom Prolagos em 01/out/2019 -

 

Concurso distribui R$ 36 mil em prêmios divididos em seis categorias: impresso, TV, rádio, fotografia, web e universitário

A Prolagos estendeu o prazo para as inscrições na segunda edição do Prêmio de Jornalismo Ambiental. Os profissionais da imprensa e universitários têm até o dia 10 de outubro para publicarem as reportagens e encaminharem a documentação para o e-mail premio.jornalismo@prolagos.com.br. Inicialmente a data limite era 30 de setembro. O Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental tem como objetivo estimular a produção de reportagens sobre o saneamento e valorizar os profissionais que atuam nas cinco cidades da área de cobertura da concessionária.

A prorrogação amplia as chances de participação dos jornalistas nas cinco categorias que compõem o Prêmio: Impresso, TV, Rádio, Fotografia e Web. “Percebemos que o saneamento está, definitivamente, entrando na pauta da imprensa da Região dos Lagos, contribuindo para que a população conheça a sua importância e a relação direta com a saúde e o desenvolvimento. Para que o tema esteja no radar dos futuros profissionais, contamos com a categoria Jornalismo Universitário, estimulando a produção dos estudantes ainda em formação”, comenta Yolanda Carnevale, Coordenadora de Comunicação da Prolagos.

Além de troféus, concurso vai distribuir R$ 36 mil em prêmios em dinheiro. Os dois primeiros lugares nas categorias profissionais receberão, respectivamente, R$ 4.500 e R$ 2.500. Na categoria Jornalismo Universitário o primeiro colocado ganhará R$ 1.000. As melhores produções serão conhecidas em novembro, durante a cerimônia de premiação em data a ser divulgada. O regulamento está disponível no site www.prolagos.com.br.

Na primeira edição o vencedor na categoria Jornalismo Universitário foi o aluno de Comunicação Social na Universidade Veiga de Almeida, Rodrigo Marinho, com a matéria “Balneabilidade da Lagoa de Araruama: uma riqueza natural que atrai turistas, sustenta famílias e merece atenção”, publicada na Agência Experimental de Comunicação. O fotógrafo Thiago Freitas conquistou o primeiro lugar em fotojornalismo com a foto “Milagre dos Peixes. Na categoria radiojornalismo, o primeiro lugar ficou com Eduander Silva, da Rádio Cabo Frio, com a matéria “Reúso da água – consciência ambiental”. Em telejornalismo, Renata Igrejas ficou com a primeira colocação com “Tainha: Pesca com Tecnologia”, veiculada na Intertv. O jornalista Luciano Moreira levou o troféu na categoria webjornalismo com a reportagem Morte e Vida Hipersalina, publicada no portal Fonte Certa. No jornalismo impresso, Célio Pimentel, do jornal Hora Certa, levou o primeiro lugar com a matéria “Os impactos dos avanços dos serviços de água e esgoto no desenvolvimento urbano sustentável”.

Prolagos celebra a sustentabilidade na premiação do CaptaAção

Postado por Ascom Prolagos em 23/set/2019 -

 

Alunos da rede pública criam artesanato, música e filme e mostram o que aprenderam com o projeto de educação socioambiental

“Vou te contar uma história de alguns fatos de verdade, que fala sobre o lixo e também da reciclagem. Fui pro passeio da escola que era perto daqui, chegando lá era o ateliê do Carlos Scliar. Lá eles disseram um pouco sobre o descarte, que se a gente reciclar ele pode virar arte”. A primeira estrofe de Reciclando o Universo, primeiro lugar na categoria “Composição Musical”, resume como foi o projeto CaptaAção, realizado pela Prolagos em parceria com o Instituto Carlos Scliar, cuja edição “Seu Descarte, Minha Arte” encerrou sábado, na Casa Scliar, em cerimônia de premiação dos melhores trabalhos desenvolvidos pelos alunos que participaram das atividades.

Depois de passarem por uma imersão sobre sustentabilidade e consumo consciente, alunos do nono ano da rede pública de ensino dos municípios da área de atuação da concessionária foram convidados a produzirem peças artísticas para contar o que assimilaram. O resultado foi uma mostra de criatividade e sensibilidade dos jovens que depois de aprenderem, passaram a ensinar e compartilhar a mensagem de que é possível contribuir com o meio ambiente por meio de música, filme e artesanato.

Descrevendo a experiência de participar do CaptaAção e reforçando a importância da reciclagem e como a poluição está chegando ao meio ambiente, alunos da Escola Municipalizada Capitão Costa, de São Pedro da Aldeia, conquistaram a primeira posição. “Fiquei muito feliz. Na hora não consegui pensar em nada, foi uma emoção muito grande. Eu e meus amigos nos inspiramos na visita que fizemos à Casa Scliar e tudo o que foi dito na palestra e no vídeo a que assistimos que mostrava o fundo do mar. Falamos sobre poluição e reciclagem na nossa música”, comentou Matheus Martins, que contou com apoio dos colegas Gabriel da Silva e Gabriel Moreira na composição.

Primeiro lugar na categoria composição musical

Competindo na final com um vestido de luxo feito em papel jornal e um jardim sustentável com pneus, o Violão Aquático, utilizando um instrumento danificado e vidro, ganhou na categoria “Artesanato Sustentável”. Desenvolvido por alunos da E.M. Profª Dulcinda Jotta Mendes, de São Pedro da Aldeia, a peça reproduziu o fundo do mar e peixes naturais mostravam a sua funcionalidade. “A ideia inicial era fazer um violão de plástico e vidro, mas não ficou bom. A nossa orientadora sugeriu fazer todo de vidro e deu certo. O mais legal que para desenvolver este projeto ainda conheci novas pessoas na escola”, comentou Jonatha Rodrigues, que estuda no turno da tarde, que desenvolveu o projeto com Stephany de Souza, da manhã.

Primeiro lugar na categoria artesanato sustentável

Na categoria Curta-metragem, alunos da E. M. Nicomedes Theotônio Vieira, de Armação dos Búzios, fizeram um paralelo entre o crescimento de uma menina e a poluição de sua praia preferida. Para contar a história, eles utilizaram desenho feito à mão. “O CaptaAção me transformou, pois, as vezes eu tentava mudar o pensamento das outras pessoas, mas não mudava minhas atitudes. Depois dessa reflexão, tentei mudar meu modo de agir em relação ao meio ambiente. Percebo que mesmo com pequenas ações estou tendo o resultado que queria. Sobre o prêmio, não achei que fosse ficar em primeiro lugar, o que queria era mostrar a importância da conscientização sobre o cuidado com a natureza. Estou muito feliz – disse Alexia Moura, que contou com a parceria dos colegas Júlio Lage, Kaylane Linhares, Rafaela Gomes e Yasmim Mariano.

Primeiro lugar na categoria curta-metragem

De abril a agosto, centenas de alunos de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia debateram os cuidados que cada um deve ter com o meio ambiente e como o descarte irregular de lixo está afetando os ecossistemas. As atividades aconteceram na Casa Scliar, que recebeu a exposição “Pense”, instalações feitas a partir de lixo coletado na Praia do Forte, em Cabo Frio. “O CaptaAção é um dos projetos de educação socioambiental que realizamos. Ver o desenvolvimento desses alunos, a qualidade dos trabalhos e perceber como eles estão mais conscientes e preocupados com o meio ambiente, mudando não somente suas atitudes em relação ao uso dos recursos naturais, mas também influenciando as pessoas dos seus núcleos de vivência, nos mostra que estamos no caminho certo”, finaliza o diretor executivo da Prolagos, José Carlos Almeida, que participou da cerimônia de premiação.

Relação completa dos vencedores

Categoria “Composição Musical”

 1º lugar

Música: Reciclando o Universo
Instituição: E. Municipalizada Capitão Costa, de São Pedro da Aldeia
Alunos: Gabriel da Silva Cunha; Gabriel Moreira Tuzzi; Matheus Martins Silva de Almeida
Professor Orientador: Priscilla Brites Xavier Marques

2º lugar

Música: Baile da Preservação
Instituição: E.M. Nerea Esther Batista Alcoforado Natividade, de Iguaba Grande
Alunos: Elias Souza Nogueira; Jessé Neves Souza da Silva; Thiago Carboni de Oliveira
Professor Orientador: Loar dos Santos Coutinho

3º lugar

Música: Era Uma Vez
Instituição: E.M. Narciso Macedo, de Iguaba Grande
Alunos: Kamily Farias da Silva Brito; Kawan de Jesus Pereira da Costa; Marcielly Azevedo do Carmo; Maria Fernanda Pereira da Silva
Professor Orientador: Marcela Simões

Categoria “Artesanato Sustentável”

 1º lugar

Peça: Violão Aquático
Instituição: E.M. Profª Dulcinda Jotta Mendes, de São Pedro da Aldeia
Alunos: Jonatha Rodrigues Costa Ribeiro; Stephany de Souza Pereira Ferreira
Professor Orientador: Maria Lucivânia dos Santos Silva

2º lugar

Peça: Peça de Jardim Sustentável
Instituição: E.M. Narciso Macedo, de Iguaba Grande
Alunos: Kawan de Jesus Pereira da Costa; Maria Fernanda Pereira da Silva
Professor Orientador: Marcela Simões

3º lugar

Peça: Vestido de Luxo Sustentável
Instituição: E.M. Prof° Carlos Alberto Gomes de Carvalho, de Cabo Frio
Alunos: Maria Luísa Silva Souza
Professor Orientador: Cláudia Cristina Amaral de Oliveira

Categoria “Curta-metragem”

1º lugar

Curta: Final Feliz?
Instituição: Escola Municipal Nicomedes Theotônio Vieira, Armação dos Búzios
Alunos: Alexia Moura Daltro; Júlio Lage da Verdade; Kaylane Linhares de Carvalho; Rafaela Gomes Marinho; Yasmim Mariano Gomes
Professor orientador: Magno Costa

2º lugar

Curta: De Caco em Caco
Instituição: E. M. Profª Dulcinda Jotta Mendes, São Pedro da Aldeia
Alunos: Cassiane da Silva Castro; Thiago Rodrigues de Souza Silva; Stephany de Souza Pereira Ferreira; Matheus de Oliveira Perciliano; Jonatha Rodrigues Costa Ribeiro
Professor orientador: Maria Lucivânia dos Santos Silva

3º lugar

Curta: A ação humana degrada o meio ambiente
Instituição: Colégio Municipal Vera Felizardo, Arraial do Cabo
Alunos: Caio Alves Dantas; Lucas Eduardo de Oliveira; Matheus Kiffer; Wagner Luiz Cavalcanti
Professor orientador: Ana Cristina

Novo booster da Vila Caranga entra em operação

Postado por Ascom Prolagos em 20/ago/2019 -

Unidade aumenta pressão na rede e impulsiona o abastecimento de água tratada nas áreas mais elevadas

Os moradores da Vila Caranga, em Armação dos Búzios, já contam com importante reforço para melhorar o fornecimento de água na localidade. A nova estação de bombeamento, responsável por pressurizar o sistema de distribuição de água em áreas elevadas, instalada na Avenida José Bento Ribeiro Dantas, já está em funcionamento e beneficia cerca de mil pessoas.

Após a instalação do conjunto de bombas e interligação com a rede principal, a unidade foi automatizada e o funcionamento está sendo acompanhado e operado remotamente do Centro de Controle Operacional (CCO), na sede da empresa. A iniciativa faz parte do Programa de Melhoria Contínua da Prolagos, que contempla os sistemas de água e esgoto, além de medidas para simplificar e ampliar o atendimento e a prestação do serviço como um todo.

A obra foi executada por equipe própria da concessionária e acompanhada pelo supervisor de Distribuição de Água, João Claudio Macedo. “O bairro tem ruas muito elevadas, íngremes, o que era um grande desafio para manter a pressão na rede. Com a bomba, vamos aumentar a vazão em 100%, com elevação das pressões em 60 mca (metro coluna d’água) para imóveis localizados em parte mais alta”, comentou João.

Esta é mais uma etapa do conjunto de intervenções para melhorar o abastecimento em toda a região, que começou no ano passado com a construção da nova adutora, ampliando a capacidade de transporte de água. Recentemente, a empresa construiu uma unidade de bombeamento no Morro dos Milagres, em São Pedro da Aldeia, e está construindo um novo em Figueira, em Arraial do Cabo.

Prolagos implanta rede coletora de esgoto em Manguinhos

Postado por Ascom Prolagos em 14/jun/2019 -

Todas as ligações domiciliares serão conectadas ao sistema de esgotamento sanitário, garantindo 100% da efetividade da obra

 A Prolagos está implantando 530 metros de rede coletora de esgoto no bairro Manguinhos, em Armação dos Búzios. A obra está sendo executada em conjunto com a prefeitura que está construindo o sistema de drenagem e a nova pavimentação. A ação coordenada reduz o impacto para os moradores da localidade e trará benefícios como a destinação correta do esgoto e o escoamento adequado da água de chuva, evitando alagamentos.

A previsão é que os trabalhos estejam completamente concluídos até o início da próxima semana e ao final todos os imóveis da Rua da Linguiça e Travessa Celeste estarão conectados à rede de esgoto, garantindo 100% de efetividade da obra.

O esgoto coletado nesta região será captado em tempo seco no Porto da Barra, de onde será bombeado para a estação elevatória Bambuzal, em Manguinhos, e seguirá para a estação de tratamento no bairro São José, que tem capacidade para tratar 17 milhões de litros por dia.

Com a intervenção, as ruas de Manguinhos se somam a localidades de Armação dos Búzios que já contam com rede separadora de esgoto como Geribá, Centro, João Fernandes, Ferradura, entre outros bairros.

 

 

Prolagos lança segunda edição do Prêmio de Jornalismo Ambiental

Postado por Ascom Prolagos em 12/jun/2019 -

Concurso vai distribuir R$ 36 mil em prêmios entre cinco categorias profissionais e uma universitária

 A Prolagos lançou na noite desta terça-feira (11), a segunda edição do Prêmio de Jornalismo Ambiental, com o objetivo de estimular a produção de reportagens sobre saneamento e sua relação direta com a preservação da natureza, saúde pública e desenvolvimento urbano. O evento, na Casa Scliar, em Cabo Frio, reuniu profissionais de diferentes veículos de imprensa da Região dos Lagos, que tiveram a oportunidade de ver a exposição “Pense”, com obras do multiartista Carlos Scliar, que desde 1984 chamava a atenção para a responsabilidade de todos em relação à preservação no meio ambiente.

A segunda edição do Prêmio traz algumas novidades. Além dos jornalistas residentes na Região dos Lagos, diplomados e registrados no Ministério do Trabalho, poderão participar os profissionais que comprovarem a atividade no prazo mínimo de cinco anos. Poderão ser inscritas reportagens publicadas entre 1º de junho e 30 de setembro, prazo final para as inscrições. O regulamento está disponível no site www.prolagos.com.br.

Assim como na primeira edição, o II Prêmio Prolagos de Jornalismo Ambiental vai premiar as duas melhores reportagens nas categorias: jornalismo impresso, radiojornalismo, webjornalismo, telejornalismo, fotojornalismo, além da categoria Jornalismo Universitário, para alunos de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Neste ano, além de troféus serão distribuídos R$ 36 mil em prêmios. Entre as categorias profissionais a premiação em dinheiro será de R$ 4.500,00 e R$ 2.500,00, respectivamente primeiros e segundos lugares. Nesta edição, a categoria jornalismo universitário também receberá quantia em espécie no valor de R$ 1.000,00.

“O prêmio é um reconhecimento e valorização dos profissionais da imprensa da região e tem como objetivo colocar o saneamento básico na pauta, incentivando o debate sobre as boas práticas, além de contribuir para a conscientização da sociedade na busca da sustentabilidade. O poder de multiplicação da imprensa é muito grande e fundamental para construirmos uma sociedade melhor”, comentou o presidente da Prolagos, Sérgio Braga.

Durante o lançamento, os convidados participaram de uma oficina de serigrafia, tintando em papel reciclável o logotipo do prêmio e a #EuPauto, um estímulo para que os profissionais coloquem o meio ambiente em suas pautas. A atividade foi uma homenagem ao patrono da casa-museu, Carlos Scliar, que, entre seus ofícios estava o de artista gráfico.

A exposição “Pense” faz parte do projeto de educação socioambiental CaptaAção – Seu Descarte, Minha Arte, realizado pela Prolagos e a Casa Scliar para alunos do nono ano da rede pública. Além da mostra, o espaço recebeu instalações que provocam o despertar da consciência sobre os cuidados com a natureza, como uma rede de pesca com objetos plásticos recolhidos na Praia do Forte, uma peça interativa feita com material reciclado que mostra o tempo de decomposição de materiais como plástico e isopor, além de painéis com mensagens reforçando a responsabilidade de cada indivíduo na produção do próprio lixo. A exposição é aberta ao público.

Prolagos lança programa de coleta de óleo para evitar entupimento de redes

Postado por Ascom Prolagos em 05/jun/2019 -

De Olho no Óleo, em parceria com a ong Reciclóleo, transforma lojas de atendimento em postos de coleta

Um litro de óleo de cozinha usado pode poluir cerca de 30 mil de litros de água. O descarte nos ralos e pias provoca entupimento nas redes, causando extravasamentos em vias públicas e refluxo nos imóveis. Além disso, o resíduo pode interferir no processo de tratamento de esgoto nas estações, além de contaminar praias, lagoas e o solo. Para estimular atitudes mais sustentáveis e evitar esse tipo de degradação, a Prolagos lança, hoje, no Dia Mundial do Meio Ambiente, o programa ‘De Olho no Óleo’.

Ao ser despejado na pia ou no vaso sanitário, o óleo usado passa pelos canos da rede de esgoto e fica retido em forma de gordura, podendo entupir a tubulação interna e atrair pragas que podem causar doenças como leptospirose, febre tifoide, cólera, salmonelose, hepatites, esquistossomose, amebíase e giardíase. Além do óleo, a graxa, restos de alimentos, preservativos, absorventes, fraldas descartáveis e embalagens de produtos de beleza estão entre os materiais que mais obstruem a rede e impactam o sistema de esgotamento sanitário. “O uso incorreto das redes gera transtornos para a própria população, como transbordamentos de poços de visita, extravasamentos e até mesmo o retorno para os imóveis. Essas situações podem ser evitadas com ações simples, como a destinação correta dos resíduos”, comenta o gerente de Operações de Esgoto da Prolagos, Mário Márcio Gonçalves.

Em algumas localidades, como na Orla Bardot, em Armação dos Búzios, a Prolagos faz limpeza e manutenção preventiva diariamente para que não haja o entupimento da rede e, consequentemente, o extravasamento de esgoto. “Infelizmente, muitos estabelecimentos comerciais, como restaurantes, bares e pousadas ainda não fazem a destinação correta do óleo usado. Todos os dias encaminhamos equipes e caminhão de sucção à vácuo e sempre retiramos uma grande quantidade de gordura. Esperamos que este programa ajude a conscientizar a população, pois a responsabilidade com o meio ambiente é de todos”, reforça Mário.

As seis lojas comerciais e a sede da concessionária se transformarão em ecopontos e contarão com um coletor para receber o material. A iniciativa é em parceria com a ONG Reciclóleo, que ficará responsável pela coleta do resíduo e sua correta destinação, como a venda para a produção de biodiesel e fabricação de sabão. Parte do valor é destinado para a aquisição de material esportivo para projetos sociais. “Este é um trabalho de formiguinha e contar com esses novos postos de coleta em várias cidades da região será muito importante. A expectativa é que a cada 15 dias consigamos ao menos 200 litros de óleo em cada ecoponto deste”, espera Marco Campos, o Macarrão, responsável pela ONG.

Para impulsionar as doações e, principalmente, a conscientização sobre o descarte correto, o tema de ‘De Olho no Óleo’ passará a integrar o ‘Saúde Nota 10’, programa de educação socioambiental desenvolvido nas escolas públicas dos cinco municípios da área de concessão. “Queremos transformar os estudantes em agentes multiplicadores e conscientizá-los sobre os prejuízos ambientais causados pelo despejo de óleo nas redes. O saneamento é fundamental para o funcionamento das cidades e para a nossa saúde, nada melhor do que ensinarmos esses valores desde a infância”, comenta a coordenadora de Responsabilidade Social da Prolagos, Francine Melo.